Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

Calabura (Muntingia calabura)

15:02 69 Comments A+ a-


 
Calabura (Muntingia calabura)

NOME CIENTÍFICO: Muntingia calabura.

NOME POPULAR: Calabura.

Nota: Também é conhecida por: pau-seda, cereja-jamaicana, panamá-bagas, singapura-cereja, strawberry-árvore. Na Espanha: bolaina yamanaza, cacaniqua, capulín blanco, nigua, niguito, memizo ou memiso. Nas Filipinas: aratilis, aratiles, manzanitas.

FAMÍLIA: Muntingiaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Sul do México, Caribe e sul do peru e Bolívia.

PORTE: De 7 a 12 metros de altura.
 

Calabura (Muntingia calabura) - Detalhe da flor



FLORES: São de tamanho pequeno e coloração branca, com 5 pétalas.

FRUTOS: Comestível, de polpa muito doce, contém grande número de minúsculas sementes de coloração amarela (0,5cm)


Nota: Sabe-se também que cada fruto, com 1,6 cm de diâmetro, pode conter, em média, 4.450 sementes e que um grama de sementes limpas e secas contém aproximadamente 44.500 unidades.
Trata-se de uma  espécie pioneira que prospera em solos pobres, capaz de tolerar condições ácida e alcalina e seca. As suas sementes são dispersas por aves e morcegos frugívoros
Devido ao rápido crescimento e intensidade de frutificação, despertou grande interesse, ao setor de Manejo de Fauna e Áreas Silvestres, como uma espécie de enriquecimento da flora. Por crescer em solos pobres e de sua propagação eficaz por meio de aves e morcegos, ela é muito utilizada em projetos de  reflorestamento
Foi introduzida no Brasil pelo I.A.C. – Instituto Agronômico de Campinas, em 1962
A calabura apresenta-se como uma ótima opção para os plantios de enriquecimento ou mistos com as essências florestais, visando a proteção à fauna.

Calabura (Muntingia calabura) - Detalhe da flor


Calabura (Muntingia calabura) - Detalhe do fruto
LUMINOSIDADE:Sol pleno.

ÁGUA: Gosta de solo levemente úmido, mas não encharcado.

CLIMA
: Quente.

PODA: Não necessária, retirar galhos secos e realizar a poda de formação retirando brotações laterais.
 
FERTILIZAÇÃO: Utilizar esterco de gado bem curtido, cerca de 20 a 30 litros por ocasião do plantio para uma cova de 40 x40 cm.

UTILIZAÇÃO: Uma maravilhosa árvore para o pomar, atrai muitos passarinhos, mas também morcegos que se alimentam de frutas.

PROPAGAÇÃO
: Por estaquia e por sementes, cada frutinha tem em média 2.000 minúsculas sementes, para ajudar a germinarem devem ser cuidadosamente lavadas para retirada da mucilagem que as envolve.

PARA QUEM DESEJAR SABER MAIS SOBRE GERMINAÇÃO DE SEMENTES:





CURIOSIDADES:

No México, os frutos são consumidos e vendidos em mercados.. Os frutos podem ser transformados em doces e as folhas podem ser usadas para fazer chá No Brasil, as árvores são plantadas ao longo margens do rio A queda dos frutos da árvore atrair peixes que são capturados em seguida. although it is not sold in markets. Nas Filipinas os frutos são normalmente comidos principalmente por crianças embora não seja vendido nos mercados. 
Na Brasil as suas flores podem ser utilizados como um anti-séptico e tratar cólicas abdominais.
A madeira é castanha-avermelhada. É compacto, durável e leve e pode ser usado para a carpintaria. A casca pode ser utilizada para a produção de cordas.. Devido à sua capacidade de crescer em solos pobres e de sua propagação eficaz por meio de aves e morcegos, ela é muito utilizada para projetos de reflorestamento

Na Índia é usada em jardins urbanos por sua capacidade de crescer rapidamente e da produção de pequenos frutos que atraem muitos passarinhos.
Na Malásia estas plantas crescem bem lá devido a boa taxa de sol. Elas são normalmente cultivadas em fileira de casas e ruas As crianças costumam se deliciar com as frutinhas, porque seu gosto muito parecido como algodão doce. Elas são simplesmente delicioso.

A presença de diferentes espécies de pássaros nutrindo-se dos frutos de calabura,nesta idade, reflete o potencial desta espécie nos programas de manejo de fauna e áreas silvestres.

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei na chácara onde moro.

69 comentários

Write comentários
natalia
AUTHOR
21 de agosto de 2008 16:12 delete

Olá Mário, o senhor tem sementes dessa árvore?? Achei simplesmente divina...
Se puder, entre em contato comigo, me chamo Natalia e moro em Belém do Pará. Meu e-mail: natalia.lana@hotmail.com

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
17 de novembro de 2008 22:24 delete

Olá!!!
Moro em Minas Gerais e por aqui ninguém conhece essa árvore...!!
Plantei uma calabura na calçada de minha casa, está fazendo o maior sucesso com meus vizinhos, pois cresceu muito rápido e suas frutinhas muito deliciosas, os passáros adoram e nós também.

Reply
avatar
6 de janeiro de 2009 15:12 delete

Olá Mário, tudo bem? bom 2009 para voc~e, adorei sua descrição da Calabura, realmente eu não conhecia esta espécie. Será que vc pode me ajudar a respeito de uma questão importante? Sou bióloga, trabalho na prefeitura de Aquidauana MS, estamos pensando em usá-la para planta de urbanização em algumas partes da cidade, qto ao clima e solo, tudo se encaixa a respeito das exigências nutricionais. Mas tenho receio qto ao sistema radicular, se ela iria interferir no calçamento, qto a questão de sombreamento e quedas das folhas. Obrigada, aguardo sua resposta. Doraci Terezinha Turkewicz doratt@hotmail.com

Reply
avatar
Fraternmidade
AUTHOR
18 de março de 2009 08:56 delete

Sr. mário, bom dia! Gostaria de saber a envergadura desta árvore, o tronco até que diâmetro e altura atinge?
E também além de nutricionar , medicinalmente em que benefício pode ser utilizada?.
José Adelstan Teles de Mendonça - mendoncatem@gmail.com - 19 - 8830.2010
Atenciosamente,
Mendonça

Reply
avatar
Carla
AUTHOR
28 de março de 2009 13:44 delete

Olá adorei a descrição da planta, gostaria muito de planta-la tbm se vc tiver como me mandar algumas sementes ficarei muito grata.entre em contato pelo me email:carlabio@yahoo.com.br
ficarei anciosa esperando seu recado.meu nome é carla.
desde ja agradeço.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
17 de abril de 2009 14:45 delete

Moro em Londrina PR, tenho uma pessoa conhecida que vende mudas desta árvore. se alguem quiser poderei trasmetir o recado para ele e este entrará em contato.
adviecili@bol.com.br

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
21 de abril de 2009 19:10 delete

Eu também gostaria de plantar a Calabura.
Se tiver sementes favor contactar
Pedroagap@hotmail.com
Grato

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
5 de setembro de 2009 02:14 delete

Olá senhor Mario! a calabura é linda e seus frutos deliciosos, como eu faço para adquirir uma mudinha dessa maravilhosa árvore?

meu email é niceboniolo@yahoo.com.br

Reply
avatar
Suelly Fatima
AUTHOR
25 de outubro de 2009 22:44 delete

A morte da Calabura
Autoria: Suelly Tiezzi Belluci

Árvores, pássaros, borboletas, flores, tudo isto é vida.
E pensando nestas vidas que um dia plantei você minha Calabura, para ver flores, pássaros, borboletas no meu quintal.
Você chegou pequenina, e foi crescendo, crescendo e se tornou majestosa. Seus galhos de encheram de flores que se transformaram em frutos tão doces que tinham sabor de algodão doce.
E apareceram os pássaros: periquitos, maritacas, bentevis, sanhaços, pardais, pombinhas, rolinhas e muitos outros. Uns para saborearem os frutos, outros apenas para desfrutarem de sua sombra.
E mesmo após o sol se por, você continuava sendo útil, era a vez dos morcegos frutíferos (sim, aqueles que nada nos fazem de mal) virem se deliciar.
Mas minha linda calabura, aqui na terra dos homens, quando se cresce muito, incomoda. E você cresceu e incomodou aqueles que não vêem beleza na sombra de uma árvore, no cantar de um passarinho, na rasante de um morcego.
Não chores ao sentir a moto serra cortando seus braços, seu tronco, suas pernas. Sua morte não será em vão. Você se transformará em adubo para que outras árvores cresçam frondosas como você foi um dia.
Você será insubstituível, porque nunca mais vereis tantos pássaros no meu quintal, mas plantarei goiabeiras, acerolas, mamões para que alguns retornem e se alimentem dessas novas frutas.
Perdão minha linda calabura. Perdão meus pássaros.

Reply
avatar
Lucas
AUTHOR
6 de novembro de 2009 19:51 delete

Realmente muito bonito o seu poema, Suelly. Seria ótimo se todos pensassem assim. Admiro sua sensibilidade.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
19 de janeiro de 2010 16:47 delete

Quando criança comi muito dessa fruta.
No Espirito Santo, na região metropolitana de Vitória é fácil de encontrar. Cheguei a comprar uma muda para plantar em minha casa, aqui no Rio de Janeiro, mas a mudinha não vingou. Assim que puder comprarei outras.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
15 de março de 2010 21:15 delete

Olá , gostaria muito de planta-la tbm se vc tiver como me mandar algumas sementes ficarei muito grato. email:sergio-k@bol.com.br

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
9 de abril de 2010 11:31 delete

Olá, plantei 6(seis) arvores de calabura em nossa propriedade rural, estão em plena produção de frutos, gostaria de conhecer a tecnica de produção a partir de sementes, para poder espalhar pela propriedade, poderia me ensinar como proceder. Desde já agradeço.
Luiz Carlos de Andrade
Email - luiz.andrade48@yahoo.com.br

Reply
avatar
Ingrid
AUTHOR
22 de abril de 2010 23:29 delete

Hj eu visitei um sítio q tem essa árvore, gostei tanto dela, q vim fazer uma pesquisa e encontrei seu blog, agora tenho certesa que vou tb fazer meu cantinho verde.Tb sou amante da natureza.
Ingrid

Reply
avatar
Marleni
AUTHOR
8 de junho de 2010 08:06 delete

Na minha cidade tem um parque, que até chamo de meu spa, onde tihnam alguns pés de calabura, dois morreram, mas o que ficou ta verdinho. Adoro essa fruta e ensino para as pessoas. Todas gostam. Agora quando chego no parque fico sem porque os outros que ensinei, já consumiram...mas é muito boa essa fruta..adoro...

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
15 de agosto de 2010 18:27 delete

Eu tenho uma calabura na calçada de casa. Eu aprendi a fazer mudas pelas sementes, é assim: você pega uma das frutinha e esfrega ela em um xaxim ou vaso de fibra de coco(aqueles vasos de orquídeas e samambaias)no xaxim é melhor, ai você rega bem uma vez por dia logo aparecem varias mudinhas ai é só você separa em vasos. É para esfregar nas bordas do xaxim e não colocar dentro. Funciona!

Reply
avatar
Francisco Machado
AUTHOR
27 de setembro de 2010 11:22 delete

Sou Francisco Machado, Conhecia a arvore Calabura em Caldas Novas-go, de lá trouxe tres mudas, plantei na Chacara nas proximidades da represa do Miranda no rio Araguari. A chacara é de um casal amigos meus. Estão robustas e começando a produzirem, o banquete está quase sendo servido. Plante uma também participe dessa alegria que estou sentindo.

Reply
avatar
Graziela
AUTHOR
13 de dezembro de 2010 08:29 delete

Sou Ademilde e vi essa planta e achei muito bonita. Consegui a muda e plantei no quintal da minha casa. Hoje está linda , porém os morcegos estão sujando muito as paredes da casa e meu vizinho vive sugerindo que eu a corte. Isso não está em meus planos e por isso pergunto: Existe algum produto que aplicado faça com que essa planta não dê frutos?
Obrigada
Ademilde

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
17 de dezembro de 2010 09:05 delete

Olá Graziela!

Não conheço nada que possa impedir os frutos, afinal faz parte da natureza da árvore, dar flores e frutos que servem de alimentação de passarinhos e também morcegos
Os morcegos podem se alimentar de frutos (frugívoros), insetos (insetívoros), peixes (piscívoros), sangue (hematófagos), lagartos e ratos (carnívoros), e pequenas rãs (ranívoros). Mas a maior parte das espécies de morcegos alimenta-se mesmo é de frutos e de insetos.
A não ser a sujeira, não trazem outros problemas.
Tem no mercado um aparelho chamado REPELENTE ELETRÔNICO que através da emissão de som afasta eles.
Um abração!

Reply
avatar
30 de dezembro de 2010 20:20 delete

é mesmo uma delícia.... de tão doce

Reply
avatar
Regina
AUTHOR
26 de fevereiro de 2011 13:39 delete

Olá Mário,
Meu nome é Regina, conheci hoje a calabura, fiquei muito empolgada, porque tenho um pé enorme de aroeira salsa na calçada e está morrendo, não se sabe por quê. Como quero substituir pensei na calabura, mas tenho as mesmas dúvidas de Doraci. As raíses são muito agressivas, arrebentam calçada ? Ela perde muito as folhas ? Favor responder para mrro@onda.com.br.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
1 de março de 2011 17:20 delete

Olá Regina, na minha opinião não é uma árvore indicada para calçadas, pois ela chega a 12 metros de altura, com este tamanho tem que ter raízes que suportem.
Eu recomendaria plantá-la numa praça pública, mas não esquecer que seus frutos atraem pássaros e morcegos que também fazem suas "necessidades" no local.
Se você gosta de árvores que dão bastante flores, recomendaria as de pequeno porte, que não interferem na calçada e fios elétricos.
Tem várias, mas é bom verificar o clima do local, pois cada planta é tolerante a uma determinada região devido a isso.
Resedá, Mini-flamboyant, Ipê-de-Jardim são árvoretas boas para calçada.
Um abração.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
1 de abril de 2011 23:24 delete

Olá Mario gostaria de manter contato sobre plantas, Ricardo, rmendes70@hotmail.com, Fortaleza/CE

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
12 de novembro de 2011 14:00 delete

Ola amigo Mario. Permita-me esta liberalidade, pois se és amigo desta planta, estamos no "mesmo
barco" Já tive em meu jardim duas árvores de calabura, mas como já disseram acima, há os ignorantes que não suportam as folhagens caidas no inverno.Estou em contato com a PMGuarujá para obter autorização de eliminação de uma "palheteira" enorme, plantada pelo caseiro em 1996, que está com 14 m de altura, estourando as calçadas. Vou substitui-la por duas calaburas; deverei mante-la em altura baixa,pois tenho tubulação de água pluvial no
solo, há 1 metro de profundidade.Algum inconveniente com a poda? Peço orientar-me.
antecipo agradecimento, com abraço, Milton - SP

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
20 de dezembro de 2011 10:34 delete

Olá Milton, Bom Dia!

Apesar da Calabura não ter raízes agressivas, para ter uma segurança maior, pode ser utilizada uma manilha de concreto grande (as que são utilizadas para águas pluviais pelas prefeituras).
Com isso as raízes serão forçadas a descerem.

FELIZ NATAL
UM abração!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
19 de março de 2012 09:46 delete

Bom dia, moro em Londrina - Pr tambem. Gostaria de adquirir algumas mudas dessa fruta. Sou Engenheiro Agronomo da EMATER de Santa Cecilia do Pavao - PR. Meu celular:9907 7298, desde ja muito obrigado.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
19 de março de 2012 16:33 delete

Olá, Boa Tarde!

A Viveiro de Mudas CIPREST, tem mudas da Calabura ou Cereja de Barbados -(Mutingia calabura)

Um abração!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
27 de março de 2012 09:17 delete

Nos Dias de Hoje o desmatamento está por toda a parte do Estado de São Paulo e em todo Brasil.
Para restaurar algumas nascentes d’agua que estão desaparecendo é necessário o reflorestamento destas áreas de modo urgente, pois, morrendo as nascentes d’agua, cidades e propriedades rurais poderão ficar sem água em breve.
Vegetações como a Arvore Calabura, Arvore Aroeira-Pimenteira, Arvore Ingá, Arvore Sangra-D’agua, Palmeira Buriti, Palmeira Jerivá e outras, são muito importantes para o reflorestamento.
Desde modo se deve divulgar mais o reflorestamento de modo urgente para que todos estejam consciente e possam manter um futuro com água e mantendo nossos rios.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
29 de março de 2012 06:49 delete

Olá Bom Dia!

Obrigado pela sua contribuição nesta postagem da Calabura (Muntingia calabura).
Fiquei muito triste porque um temporal derrubou a que tinha e infelizmente não consegui salvá-la, estou providenciando novas mudas desta magnífica árvore, que produz frutinhos de sabor delicioso.

Um abração!

Reply
avatar
Felipe
AUTHOR
2 de abril de 2012 06:30 delete

Tenho uma destas em casa, consegui no Viveiro de mudas florestais da Universidade Federal de Viçosa, MG. tem mais de 10 anos e as frutas são muito doces, frutifica em grande quantidade e quse o ano todo, só que dificilmente agente consegue comer alguma já que os pásaros são os "clientes preferencias"...rs. Vou ter que plantar pelo menos mais umas dez árvores pra dar conta da demanda da passarada.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
2 de abril de 2012 07:04 delete

Olá Felipe, Obrigado pela visita.

Por não ser uma fruta comercial, poucas pessoas conhecem a Calabura (Muntingia calabura).
O sabor é espetacular e o tamanho pequeno ajuda os pássaros a devorar facilmente, realmente para sobrar algumas, é preciso mais que uma árvore.
Principalmente hoje em dia em que cada vez menos existem alimentos para nossa fauna,São Paulo está virando um imenso canavial, e ainda utilizam a queima da palha da cana durante a noite, onde milhares de seres vivos são mortos.
Seria isso progresso ou retrocesso?

Um abração!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
10 de abril de 2012 12:41 delete

Suelly Fátima, entendo perfeitamente o que você transcreveu neste comentário. Estou passando por isto. No início, queria ver os pássaros em minha porta. Não imaginava que viriam morcegos. Estes, incomodaram a vizinhança toda e estou tendo de cortar minhas duas maravilhosas árvores plantadas em minha calçada. Eles ainda irão sentir falta da sombra e dos pássaros que por lá passaram e, com certeza, deixarão muitas saudades. Ainda estou estudando uma outra árvore para plantar no lugar.
Também peço perdão às minhas duas Calabura, como estou triste. Mas, já tratei de tirar vários galhos na expectativa de plantá-las na roça. Espero que estas mudas prosperem para que eu as plante e ainda tenha um doce contato para com elas.
Ajnjunior.

Reply
avatar
Thiago =]
AUTHOR
14 de junho de 2012 11:30 delete

E quanto às raizes, elas levantam pavers/calçadas? e plantando próximo a muro, as raizes podem estoura-lo?

Reply
avatar
Thiago =]
AUTHOR
14 de junho de 2012 11:45 delete

A calabura suporta geada e temperatura negativa?

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
19 de junho de 2012 20:51 delete

Olá Thiago, Boa Noite!
A Muntingia calabura, não é uma árvore de clima frio, mas não tenho informação que dano um frio intenso prolongado possa causá-lo.
Um abração!

Reply
avatar
Jos E d sj
AUTHOR
10 de novembro de 2012 01:44 delete

Acredito que os passaros sao belos e os morcegos, que se alimentam das frutas, necessarios. Nao causam mal algum.Sao inofensivos e bastantes uteis na natureza. Agora, os hematofagos, que se alimentam de sangue, sim, sao um problema e risco a saude.E devem ser eliminados.Mas os 'hematofagos' jamais irao se interessar por arvores frutiferas. Achei que deveria escrever este trecho, por que as pessoas no geral nao gostam de morcego, e nao compreendem a importancia dos mesmos para a saude das matas e seu papel na ecologia.E por isto mesmo, nao se interessam por protege-los.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
15 de novembro de 2012 06:36 delete

Olá Bom Dia!

Todos precisam saber que os Morcegos Frugívoros(que se alimentam de frutas), não causam problema algum, bem diferente dos que se alimentam de sangue, eles são de espécies diferentes.
A não ser o incômodo de suas feses, que as vezes ficam nas paredes das casas, não vejo outro problema.

Um abração!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
29 de dezembro de 2012 18:24 delete

Experimentei hoje a fruta, é maravilhosa! Será que no Brasil conseguiríamos comercializá-la?

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
1 de janeiro de 2013 20:31 delete

Olá Boa Noite!
Por ser uma fruta muito pequena, acredito ser inviável a comercilização dela in natura, mas na forma de sorvetes, geléias, etc., vejo possibilidade.
Um abração!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
3 de fevereiro de 2013 10:10 delete

Bom dia a todos ! Estava em busca de solução para afastar morcegos, que estão sujando demais a minha casa, e encontrei esse site. Vi que o maior inconveniente com a calabura é a presença de morcegos. Nao garanto que irá funcionar mas pelo que pesquisei, os morcegos odeiam luz. Assim, se colocarem algumas dessa luzes economicas penduradas na arvore e acende-las a noite,acredito que irão afastar os morcegos. Dessa forma irão continuar desfrutando da presença dos passaros, borboletas que essa arvore atrai , bem como de sua sombra e de suas frutinhas ! Acho que uma lampada de 15w nao irá fazer tanta diferença na conta de luz.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
6 de fevereiro de 2013 21:03 delete

Olá Boa Noite!
Não custa fazer um teste, se não der certo é só retirar a instalação.
Algumas lâmpadas econômicas não resistem muito a água de chuva.
Um abração!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
24 de fevereiro de 2013 10:35 delete

Olá sou Fernando Ajala, Universitário de Ciências Biológicas UFGD - MS, estou fazendo um projeto sobre essa planta, muito interessante as informações descrita acima, gostaria de saber a fonte dessas informações, pq muito dos PDF's que eu tenho são de outros países. Espero sua resposta... Meu E-mail: ajalafernando@hotmail.com

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
26 de fevereiro de 2013 19:57 delete

Olá Fernando, Boa Noite!
As fotos são todas minha, quanto as informações, são de pesquisa em livros, net e experiência por ter está árvore a algum tempo.
Infelizmente não tenho anotado a fonte.
Um abração!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
10 de setembro de 2013 15:33 delete

Estou com varias sementes que colhi e deixei secar em um papel toalha. vou planta-las e tentar este experiencia maravilhosa. Se tiver alguma boa dica p as sementes germinarem, me avise. Adoro seu blog Sr. Mario. ParabenAbraço Claudia Muller- Balneário Camboriu/SC

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
4 de novembro de 2013 07:32 delete

Olá Bom Dia!
Como as sementes são muito pequenas e fica difícil separar para plantio, misture com um substrato bem fininho antes de plantar, num primeiro momento coloque para germinar numa caixa com abertura para escoamento de água, vá eliminando algumas mais fracas, por fim quando tiverem emitido 4 folhas transfira para um saco grande de mudas, em todo processo mantenha sempre úmido não encharcado, na sombra em local com boa iluminação. Um abração!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
21 de novembro de 2013 16:51 delete

Gente... eu tenho um é dela... Sempre quis fazer as mudas e agora consegui, e é muito fácil...
Pegue alguns frutos maduros e bem grandes, os maiores e mais vistosos..
Esprema as sementes num pano, e vá colocando água, lave, e enxágue umas 8 vezes, até sair todo caldo, ficando quase que só as sementes.
Compre um material, chamado de esponja fenólica ou espuma fenólica, em qualquer casa do ramo de produtor rural(daquelas de se germinar alface) e espalhe o máximo possível de sementes, espalhe bem, não deixe as sementes juntas. Molhe todos os dias. Com 8 dias, já germina, depois de 20 dias, você pega cada quadradinho desse da esponja e coloca num saquinho com terra. Tá pronta sua muda

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
21 de novembro de 2013 20:27 delete

Olá Boa Noite!
Obrigado pela dica, quem ainda não tinha pensado em fazer deste modo agora é só aproveitar a boa idéia.
Um abração!

Reply
avatar
stela
AUTHOR
24 de novembro de 2013 11:39 delete

essa espécie e´um espetáculo!!dá sombras,frutos e de particular beleza!!Tenho plantadas,mais de trinta arvorés,em minha propriedade.Cresce muito rápido.Enfim,essa arvore e´uma benção!!
Quem puder plantá-la ,não se arrependerá.Morcegos não são problema,ao contrário.
Plante vc tbém!

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
25 de novembro de 2013 10:48 delete

Olá Stela, Bom Dia.
Ela é realmente maravilhosa, seus frutinhos de sabor super especial, é gratificante repartir com muitos passarinhos, principalmente onde o estado de São Paulo está virando um mar de cana-de-açúcar.
Quanto aos morcegos os que aparecem não causam mal, são os frugíveros que contribuem substancialmente para a estrutura e dinâmica dos ecossistemas , pois atuam como polinizadores, dispersores de sementes.
Um abração!

Reply
avatar
6 de fevereiro de 2014 15:01 delete

Minha calabura esta morrendo, tronco seco e ocado, folhas e frutos ainda verde caindo,gostaria de saber o que fazer para salvar ela.

joana.elionor@hotmail.com

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
14 de março de 2014 00:59 delete

Achei muito interessante as mil utilidades da calabura para a natureza. Vou publicar na minha comunidade Flôr de Alecrim.
Deus o abençoe sr. Mário!

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
16 de março de 2014 17:04 delete

Olá, Boa Tarde.
Isso não é bom sinal,
Pode ter ocorrido o ataque de brocas, que são larvas de besouros ou alguma outra doença que desconheço.
Vá cortando os ramos e veja se ainda existe alguma parte que não secou, faça uma análise com cuidado e veja se descobre algo anormal, inclusive cave um pouco ao redor do caule.
Boa Sorte
Um abração!

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
16 de março de 2014 17:07 delete

Olá Boa Tarde.
Obrigado pela visita e comentário.
Um abração!

Reply
avatar
Rivaldo
AUTHOR
7 de junho de 2014 10:53 delete

Poxa, voce tem sementes????

Manda para mim então por favor. Eu moro na Bahia.
Meru endereço é:
Pq. Jaqueiras, rua E, 34
Alagoinhas - Ba
Cep: 48020580
Rivaldo de Azevedo

Eu ficarei mui grato se você mandar para mim. Um abraço e fica com Deus.

Reply
avatar
Tatiane Lopez
AUTHOR
22 de janeiro de 2015 18:36 delete

Mario vc cresce quanto cresce por ano? Obrigada

Reply
avatar
RALPH
AUTHOR
11 de fevereiro de 2015 15:04 delete

Essa árvore não é perene como foi mencionado.
Dura de 4 a 5 anos.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
12 de fevereiro de 2015 08:10 delete

Olá Tatiane, Bom Dia!
Ela é uma planta de crescimento rápido, seu desenvolvimento vai depender da planta encontrar condições favoráveis em relação ao solo, clima e umidade.
Não tenho a informação precisa.
Um abração!

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
12 de fevereiro de 2015 08:12 delete

Olá Ralph, Bom Dia!
Todas plantas que tem período de vida maior que 2 anos, são classificadas como perenes, as demais são: anual ou bienal.
Um abração!

Reply
avatar
Fred Alt
AUTHOR
25 de agosto de 2015 16:20 delete

olá Mário, você teria sementes ou mudas desta calabura e estaria interessado em comercializá-las?
Meu e-mail é frederico.alt@gmail.com
Grande abraço!

Reply
avatar
25 de agosto de 2015 17:47 delete

Boa tarde senhor mario, gostaria muitissimo de adquirir uma muda dessa arvore calabura que tanto procuro....voce tem sr mario, me ajude, abraço,
lierte
liergov@gmail.com

Reply
avatar
Helena Alves
AUTHOR
27 de novembro de 2015 18:19 delete

Moro em Marília,interior de Sp,pie aqui twmos muitas calaburas,inclusive na praça wm frente a minha casa tem 5 arvores,maravilhosas.Durante o dia ela recebe a visita de varios passaros e a noite dos morceguinhos que que alimentam dde frutas.A sombra é mararilhosa,devido ao formato da copa da arvore.Algumas pessoas costumas parar na praça só para comer as frutinhas,são muitas.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
29 de novembro de 2015 07:42 delete

Olá Gonçalves, Bom Dia
Não trabalho com venda de mudas e sementes.
Um abração!

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
29 de novembro de 2015 07:43 delete

Olá Helena, Bom Dia!
Quero agradecer sua visita e parabéns pelo bonito comentário.
Um abração!

Reply
avatar
Helder
AUTHOR
19 de dezembro de 2015 20:47 delete

Plantei 2 mudas de calabura no meu quintal e qual não foi minha surpresa quando com apenas 2 meses já dava frutos e com apenas 1 ano depois de plantada esta maravilhosa árvore já estava com 10 metros de altura. É isto mesmo!!! 10 metros de altura. É realmente inacreditável, mas é verdade. Ela cresce mais rápido que bambu!! E é espaçosa demais a danada!!!! Na sua parte inferior a árvore tem de 7 a 8 metros de diâmetro. Com relação à frutinha, ainda não consegui provar nenhuma delas, pois de 2 em 2 dias aparecem 5 ou 6 macaquinhos e devoram todas elas. Comem até as que ainda não amadureceram direito. Quando não são os macaquinhos, são os pássaros que as comem, parecendo que são atraídos pela frutinha como ímã.
Enfim, vale a pena plantar esta maravilha da natureza.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
20 de dezembro de 2015 09:36 delete

Olá Helder, Bom Dia.
Agradeço seu depoimento em relação a esta maravilhosa frutífera, isso ajudará nossos leitores a conhecê-la melhor.
A que tinha aqui na chácara onde moro, uma tempestade com ventos fortes, derrubou e não deu para recuperar.
Espero repor, pois seus frutinhos com sabor de "algodão-doce" são uma festa para pássaros e morcegos.
Um abração!

Reply
avatar
Ana Maria
AUTHOR
3 de janeiro de 2016 17:23 delete

Olá Mario Franco, boa tarde.
Conheci o Sr hoje, porque respondeu a uma pergunta minha sobre uma árvore na frente da minha casa, "chapéu de napoleão".
Fiquei conhecendo a fruta CALABURA há alguns anos, mas esqueci o nome. Na avenida que eu faço caminhada, aqui em Franca SP, tem dois pés dessa frutinha deliciosa, eu a apresentei à várias amigas, que gostaram dela, mas como eu não lembrava seu nome, ficamos nos deliciando com seu sabor doce feito mel. Li vários comentários sobre ela e fiquei sabendo como fazer mudas. Eu já havia plantado várias sementinhas, mas nunca nasceu. Obrigada pelos esclarecimentos. Abraços. Ana

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
3 de janeiro de 2016 18:40 delete

Olá Ana Maria, Boa Noite.
Agradeço visita, sua amizade e fico feliz em poder ajudar.
Infelizmente não consigo atender a todos, faço o possível.
Um abração

Reply
avatar
Paulo Pereira
AUTHOR
4 de outubro de 2017 19:53 delete

Boa noite! preciso de ajuda tenho 5 árvores de Calabura no meu lote, e meu vizinho do lado está mim processando para tira minhas árvores!eu quero saber se é proibido ter essa árvore?

Reply
avatar
Paulo Pereira
AUTHOR
4 de outubro de 2017 19:56 delete

Boa noite! preciso de ajuda tenho 5 árvores de Calabura no meu lote, e meu vizinho do lado está mim processando para tira minhas árvores!eu quero saber se é proibido ter essa árvore?

Reply
avatar