Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

SANSÃO-DO-CAMPO - ( Mimosa caesalpiniiefolia )

20:02 19 Comments A+ a-


SANSÃO-DO-CAMPO, SABIÁ, CEBIÁ - ( Mimosa caesalpiniiefolia )
NOME CIENTÍFICOMimosa caesalpiniiefolia.

NOME POPULAR: sansão-do-campo, sabiá, cebiá.


FAMÍLIA: Leguminosae Minosoideae (Mimosaceae).

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Regiões da caatinga do Brasil.

PORTE: De crescimento rápido, atinge a 8 metros de altura.

FOLHAS: Com 3 a 8 cm de comprimento; durante o inverno ou estiagem perde parte de suas folhas.

FLORES: Inflorescências formadas em espigas cilíndricas, parecendo com pedaços de algodão, surgem na primavera e verão.

SANSÃO-DO-CAMPO - (  Mimosa caesalpiniiefolia ) - Detalhe da flor
FRUTOS: Pequenas vagens, onde se encontram as sementes.

TRONCO: Chega a medir cerca de 30 cm de diâmetro, madeira de ótima qualidade para uso externo, principalmente para moirões, esteios, lenha e carvão.

SANSÃO-DO-CAMPO - ( Mimosa caesalpiniiefolia ) - Detalhe de um tronco cortado
SANSÃO-DO-CAMPO - ( Mimosa caesalpiniiefolia ) - Madeira de ótima qualidade

LUMINOSIDADE: Sol Pleno.

ÁGUA: Bastante resistente a seca, os cuidados devem ser maiores enquanto a planta for jovem, quando adulta na estiagem perderá as folhas, que logo após as primeiras chuvas irão despontar novamente. Não gosta de solos alagados.

CLIMA: Prefere clima quente e seco.

PODA: Bastante rústica, aceita qualquer tipo de poda, mesmo as mais drásticas, rebrota com facilidade. Para quem deseja manter uma cerca baixa e bem definida terá que podar de 1 a 2 vezes ao ano.

SANSÃO-DO-CAMPO - ( Mimosa Mimosa caesalpiniiefolia ) - Detalhe de uma cerca-viva não podada
CULTIVO: A taxa de germinação é superior a 50%, em 4 meses já estão prontas para serem colocadas no lugar definitivo. Em 2 anos já estarão com 4 metros de altura.

ATENÇÃO: O vento carrega as sementes que podem cair no meio de outras plantas, o sansão-do-campo tem uma raiz profunda, que é difícil retirar depois que atinge determinado tamanho e mesmo cortando ele rebrota.

FERTILIZAÇÃO: Deve ser utilizada por ocasião do plantio, depois de adulta é dispensável.

UTILIZAÇÃO: Muito utilizado com cerca viva defensiva, pois seus galhos tem espinhos semelhantes a de uma roseira. Se plantadas a cada 10 ou 15 cm formarão uma muro bem fechado.

PROPAGAÇÃO: Por sementes.


PREÇO: Os saquinhos de muda são encontrados a venda em preços que variam de R$ 0,50 a R$ 1,00. 

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei na chácara onde moro.

19 comentários

Write comentários
Bernardo
AUTHOR
27 de dezembro de 2015 23:56 delete

Boa noite. Escolhi esta planta para cobrir um muro de minha chácara e bloquear a casa do vizinho. Tenho uma dúvida: quando dizem que a raiz é entouceirante significa que ela cresce para baixo, sem se alastrar? Posso plantar perto do muro sem problemas?

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
28 de dezembro de 2015 07:41 delete

Olá Bernardo, Bom Dia!
Apesar de não ter raízes superficiais, é uma árvore bastante vigorosa, com crescimento rápido, quem deseja manter como cerca viva deve estar sempre podando porque ela atinge mais de 8 metros de altura, raiz não forma touceiras ou seja não dá origem a novas brotações como o bambu, seus ramos tem espinhos como das roseiras.
Não deve ser plantada junto ao muro, no mínimo manter mais de 0,5 metro de distância,se não desejar fazer podas anuais, não aconselho a colocação.
Boa Sorte.
Um abração!

Reply
avatar
Arina
AUTHOR
28 de dezembro de 2015 12:04 delete

É recomendada para calçadas? Uma árvore dessa nasceu na frente da minha casa e deve estar com quase 5 metros agora. Não sei se nascru de semente espalhada ou alguém plantou de mal jeito, mas as raízes estão levantando as pedras da calçada. Tem alguma solução pra isso, como aparar as raízes ou é melhor substituir a árvore?

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
28 de dezembro de 2015 15:47 delete

Olá Arina, Boa Tarde.
Não é recomendada para calçadas, o próprio nome popular "Sansão-do-campo" dá a dica: planta de crescimento vigoroso e no campo.
Produz muitas sementes que brotam de forma relativamente fácil, quando germinam no meio de outras plantas, quando é notada já está grande e fica difícil remover.
Meu conselho é substituir por árvores própria para vias públicas.
Um abração!

Reply
avatar
Unknown
AUTHOR
27 de junho de 2016 09:02 delete

Bom dia! Onde posso encontrar sementes para este tipo, sem espinhos no tronco? Pois, encontra com mais facilidade a para cerca viva, com muitos espinhos. Obrigado!

Reply
avatar
Den Sawo
AUTHOR
28 de junho de 2016 22:03 delete

Essa espécie suporta frio e geadas moderadas? Tenho um sítio no extremo oeste catarinense e estou selecionando alguma planta para cerca viva, gostei dessa!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
16 de julho de 2016 13:50 delete

MERCADO LIVRE. Custa uns 70 reais saco com 8000 sementes. Mas encontra em menores quantidades.

Reply
avatar
3 de agosto de 2016 01:03 delete

Meu amigo, boa noite. Parabéns pelo site.
Estou com a seguinte dúvida. Pretendo plantar a sansão do campo rente à divisa de minha chácara, com cerca de arame farpado. Mas bem próximo, cerca de 0,5 metro, passa uma tubulação de água. Tem perigo da raiz estragar essa tubulação?

Reply
avatar
23 de setembro de 2016 22:06 delete

Tenho 5 hectares e pretendo cerca-lo com esta planta, pois pretendo fazer uma plantação de coco anão e palmito como seria aconselhável esta cerca?

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
24 de setembro de 2016 15:05 delete

Olá Carlos Magno, Boa Tarde
Ela é uma planta de crescimento vigoroso, mas suas raízes não são superficiais, aconselho a fazer uma proteção de concreto, porque com o passar dos anos com o crescimento, a tendência é começar a empurrar as tubulações, aqui na chácara tenho problema semelhante e após mais de 15 anos do plantio ainda mão tive problema, na época não me preocupei com isso.
Um abração!

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
24 de setembro de 2016 15:08 delete

Olá Den, Boa Tarde.
Não tenho essa informação, a que tenho é que ela não gosta de clima frio, mas algumas plantas tem grande capacidade de adaptação a novas condições de solo e clima.
Um abração!

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
24 de setembro de 2016 15:11 delete

Olá Eduardo, Boa Tarde.
O maior problema está na dispersão de sementes que irão se alojar entre sua plantação dando origem a novas plantas.
Tem raízes profundas, difíceis de arrancar e se podadas voltarão a brotar.
Um abração

Reply
avatar
Marne Machado
AUTHOR
25 de dezembro de 2016 17:03 delete

Quero cercar um sítio de 2 hectares com Sansão-do-campo. Minha dúvida é se não irá encher de novas plantas o terreno dos vizinhos e me causar mais problemas do que solução.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
27 de dezembro de 2016 15:18 delete

Olá Boa Tarde.
Como está descrito na postagem e comentários anteriores, ela produz uma quantidade muito grande de sementes, que irão dar origem a novas plantas, se forem retiradas quando pequenas não haverá problema, deve ser feita inspeção para não deixar crescer de forma escondida no meio de outras plantas, pois sua raiz é profunda e fica difícil de retirar.
Um abração!

Reply
avatar
Cleiton
AUTHOR
6 de fevereiro de 2017 22:13 delete

Boa noite.tenho plantada a 12 anos as mudinhas nunca conseguiu vingar acho que o material orgânico que fica por baixo elas não consegue enraíza na terra.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
7 de fevereiro de 2017 07:26 delete

Olá Cleiton, Bom Dia.
Ela é uma planta muito rústica de desenvolvimento rápido, o clima da sua região é quente e seco?
Não era para acontecer isso.
Um abração!

Reply
avatar
hanibal
AUTHOR
2 de maio de 2017 23:25 delete

boa noite amigo, uma informação que não encontrei, quanto tempo para o desenvolvimento de mourões, com cerca de 20cm?? será que compensa plantar direto como cerca, ou plantar em area reservada e utilizar os mouroes? se puder ajudar, obg pela ajuda..

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
3 de maio de 2017 07:45 delete

Olá Bom Dia!
Vai depender de condições favoráveis de solo e clima, mas acredito que seja mais de 5 anos.
Ele é utilizado como cerca-viva, o inconveniente dessa planta é a dispersão de sementes, principalmente se próximo a ela tiver outras plantas ela ficar escondida e quando despontar fica difícil de retirar pois as raízes são profundas e mesmo cortando acima do solo, ela brota novamente.
Se plantar no local definitivo com o espaçamento normalmente usado em mourões, o problema que vejo é que o caule vai engrossando com o passar dos anos e o arame irá "estrangulando" o caule, teria que pensar em algo para deixar o caule livre para crescer.
Boa Sorte.
Um abração!

Reply
avatar
Luciano
AUTHOR
3 de setembro de 2017 22:14 delete

Boa noite amigo!
Tenho dúvida em relação às raízes.
Onde pretendo iniciar a cerca tem um reservatório forrado com lona, sendo a distância de 6 metros. Nesse caso correria o risco das raízes atingirem e perfurar a lona?
Outra informação. Qual uma distância segura entre árvores para segurar o gado?

Reply
avatar