Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

26 de dez de 2011

MONSTERA

Clique para ampliar
Monstera

NOME CIENTÍFICO: Monstera.



Nota: É um gênero com mais de 50 espécies, algumas bastante conhecidas como a Monstera deliciosa ( Costela-de-adão), Monstera adansonii (Monstera-do-amazonas), Mosntera siltepacana (Imbé-perfumado), Monstera dilacerata, Monstera dubia, Monstera expilata, Monstera obliqua, Monstera pertusa.



NOME POPULAR: Recebe nomes populares diversos conforme a espécie.



FAMÍLIA: Araceae.



CICLO DE VIDA: Perene.



ORIGEM: Nativas de regiões tropicais das Américas.



PORTE: Escalando em árvores, chegam atingir até 20 metros de altura.



FOLHAS: De coloração verde escura e brilhante. São grandes, chegando a medir de 25 a 130 cm de comprimento e 15 a 75 cm de largura, algumas espécies tem buracos na lâmina foliar.

Clique para ampliar 
Detalhe da folha

FLORES: A espádice, mede de 5 a 45 cm de comprimento, as flores são de tamanho pequeno.



FRUTOS: Composto por um conjunto de bagas de coloração branca. Na Monstera deliciosa (Costela-de-Adão), são comestíveis, o gosto é semelhante de uma mistura de abacaxi com banana.



TRONCO: Seu caule é flexível e se acomoda na escalada de suportes e árvores.

Clique para ampliar 
Detalhe do caule

RAIZ: Além das normais no solo, a planta emite raízes aéreas, que em forma de ganchos, propiciam que a planta trepe nas árvores.



LUMINOSIDADE: Prefere meia-sombra.



ÁGUA: Aprecia solo úmido, mas não encharcado, regar duas vezes por semana.


CLIMA: Prefere clima quente e úmido.



PODA: Pode ser realizada. Podas de condução e retiradas de folhas secas.



CULTIVO: Aprecia solo rico em matéria orgânica, que tenha boa drenagem. Sugestão de mistura para vasos: 1 parte de terra comum de jardim, 1 parte de terra vegetal e 2 partes de composto orgânico.



FERTILIZAÇÃO: Aplique 4 vezes por ano, NPK, fórmula 04-14-08, sendo 3 colheres de sopa ao redor do caule, nunca junto a ele. No segundo ano aumente para 6 colheres.



UTILIZAÇÃO: Fazendo composição com outras plantas, dão um toque diferente nos jardins ,também podem ser cultivadas em ambientes internos, com boa iluminação.


PROPAGAÇÃO: Por segmentos do caule em forma de estaca.



PLANTA TÓXICA:  Cuidados com crianças e animais de estimação em relação folhas e caule.



PREÇO: Em Holambra / SP o vaso tamanho P24, estava sendo comercializado por R$ 17,50.
Clique para ampliar 
Planta comercializada

Um comentário:

  1. Alguém pode me ajudar, urgente, estou precisando de um pouco de lenha de cipreste...whatsapp 11 94141-1375 John

    ResponderExcluir