Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

28 de jul de 2013

PINHEIRO-MANSO, PINHEIRO-GUARDA-CHUVA - ( Pinus pinea )



PINHEIRO-MANSO, PINHEIRO-GURDA-CHUVA - ( Pinus pinea )

NOME CIENTÍFICO: Pinus pinea.

NOME POPULAR: Pinheiro-manso, pinho-guarda-chuva, guarda-sol-de-pinho.

Nota: Ele é diferente de outras árvores do mesmo gênero, por ter uma copa e produção de pinhas de formato arredondado, chegam a durar 250 anos. 

FAMÍLIA: Pinaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Região do Mediterrâneo..

PORTE: Normalmente tem de 12 a 20 metros de altura, mas são encontrados alguns com grandes dimensões.

FOLHAS: Flexíveis, com formato de uma agulha, medindo de 10-20 cm de comprimento (raramente até 30cm), de coloração verde-azulada. 
PINHEIRO-MANSO, PINHEIRO-GURDA-CHUVA - ( Pinus pinea )
FRUTOS: Os cones medem de 8-15 cm de comprimento e demoram anos para ficarem maduros, começam a cair no outono do terceiro ano ou na primavera do quarto.

Nota: O pinhão depois de descascado pode ser consumido e tem um ótimo sabor.

TRONCO: Tem um tronco curto e largo e uma copa bem ampla, como se fosse um grande bonsai. A casca é grossa, de coloração vermelha-marrom e com profundas fissuras em placas verticais. 
PINHEIRO-MANSO, PINHEIRO-GURDA-CHUVA - ( Pinus pinea ) - Detalhe do tronco ramificado
PINHEIRO-MANSO, PINHEIRO-GURDA-CHUVA - ( Pinus pinea ) - Detalhe do tronco
LUMINOSIDADE: Sol pleno, meia-sombra.

ÁGUA: Quando jovem o solo deve ser mantido moderadamente úmido, sem encharcar, depois de estabelecida, suporta períodos de secas não muito prolongadas.

CLIMA: Mediterrâneo, gosta de clima quente, mas aceita a temperatura que tenha uma variação de -10C a 40ºC, mas não tolera geadas.

PODA: Não necessária, apenas quando jovem retirar ramos secos e mal formados e brotações laterais.

CULTIVO: Prefere solos profundos e arenosos, as folhas emitem secreções que inibem germinação de sementes sobre a árvore.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio, para uma cova de 40 X 40, misturar na terra retirada cerca de 20 a 30 litros de esterco de gado bem curtido, ou 10 colheres de sopa de NPK, fórmula 10-10-10.

UTILIZAÇÃO: Bastante ornamental, fica espetacular em grandes jardins. Seu formato de “guarda-chuva” o deixa muito atraente. Também pode ser cultivado em grandes vasos.

PROPAGAÇÃO: Por sementes, de preferência postas para germinar no local definitivo, pois a planta tem sistema radicular fraco. Também pode ser feita por estacas feitas a partir de árvores jovens (10 anos de idade).

PLANTA TÓXICA: A resina pode causar dermatite em pessoas sensíveis.

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico de Barcelona

5 comentários:

  1. GOSTARIA DE ADQUIRIR SEMENTES DESSE PINHEIRO
    splendor_sky_eyes@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Boa Noite.
      Não tenho
      Fica aqui registrado sua solicitação, espero que consiga.
      Boa Sorte.
      Um abração!

      Excluir
  2. Este pinheiro é o mesmo que arboriza a cidade de Roma? Fiquei encantada com a árvore que vi em Roma e na região toda que vai de Roma a Nice. Será que é muito difícil conseguir muda aqui no Brasil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é ele mesmo, o nome científico é pinus pinea. Estivemos por Roma e procuramos saber o nome desta árvore tão linda!

      Excluir
  3. Aonde eu forneco essa espécie gratuito para o plantio,mais próximo aonde moro?

    ResponderExcluir