Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

29 de mar de 2015

AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex )

AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex )


NOME CIENTÍFICO: Quercus ilex.


NOME POPULAR: Azinheira, alzina, encina, Evergreen Oak.



FAMÍLIA: Fagaceae.



CICLO DE VIDA: Perene.



ORIGEM: Região Mediterrânica da Europa e Norte da África.



PORTE: Geralmente de 15 a 20 metros de altura, mas podem atingir tamanhos maiores.



FOLHAS: De coloração verde escura e brilhante na página (face) superior e com indumento esbranquiçado na página inferior. 

AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex ) ´Detalhe da folha face superior
AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex ) - Detalhe da folha face inferior

FLORES: As flores masculinas em amentos (caracterizada pelo agrupamento de flores, numa longa estrutura estreita e cilíndrica, em forma de "cauda de gato") e as femininas em panículas (se caracteriza por um cacho - racimo).
AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex ) - Detalhe das flores masculinas

FRUTOS: É uma bolota de forma oval, revestido parcialmente por escamas.



TRONCO: Tem casca de coloração acinzentada ou parda, a madeira é dura e resistente.



LUMINOSIDADE: Sol pleno ou meia-sombra.



ÁGUA: Depois de adulta suporta solo mais seco, devendo ser regada somente no caso de estiagem bastante prolongada.


CLIMA: Mediterrâneo – clima temperado com estação seca no verão. Não suporta frio intenso.



PODA: Não é necessária, apenas poda de formação, com retirada de brotações laterais e ramos secos e mal formados.



CULTIVO: Não é muito exigente em relação ao tipo de solo, mas se desenvolve melhor nos férteis e que tenham boa drenagem.



FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio da muda, misturar bem na terra retirada da cova, esterco animal sempre muito bem curtido ou composto orgânico, após 1 ano aplicar ao redor do caule, nunca junto a ele NPK 10-10-10, incorporar levemente ao solo e regar em seguida.



UTILIZAÇÃO: Além de ser uma árvore que produz bastante sombra, fica maravilhosa em grandes espaços, seus frutos são utilizados principalmente como complemento de alimentação para o gado em épocas que o pasto fica menos produtivo.


PROPAGAÇÃO: Por sementes que perdem rapidamente a capacidade de germinar e também por enxertia.



PLANTA MEDICINAL: Os seus frutos tem propriedades medicinais.



FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico de Barcelona na Espanha.

AZINHEIRA, AZINHA - ( Quercus ilex )

4 comentários:

  1. Olá amigo gostaria de saber onde você conseguiu mudas de quercus ilex pois estou atrás desta espécie a muito tempo. E se poderia me ceder clones da mesma. Ou contatos para consegui la.
    Aguardo ansioso. richaruharu@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ricardo, Bom Dia.
      Não tenho mudas, veja na postagem que fotografei no Jatdim Botânico de Barcelona.
      Um abração!

      Excluir
  2. poia é tb estou atras de mudas ou sementes para uma experiencia

    ResponderExcluir
  3. Acredito que tenho uma muda crescendo desta planta.
    Trouxe algumas sementes de uma viagem que fiz a Italia.
    Plantei num vaso e estão brotando. Pesquisei na internet para descobrir qual planta é e tudo indica que seja essa planta. Na verdade eu queria uma semente do PINUS PENEA (Pinheiro manso, que tem muito em ROma). Se tiver alguém para trocar uma muda, entre em contato. Obrigado.
    Meu celular é (11)99899-7784

    ResponderExcluir