Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

MÃE-DE-MILHARES, MOTHER OF THOUSANDS - ( Kalanchoe daigremontiana )

19:42 0 Comments A+ a-

MÃE-DE-MILHARES, MOTHER OF THOUSANDS - (  Kalanchoe daigremontiana )

NOME CIENTÍFICOKalanchoe daigremontiana.

NOME POPULAR: mãe-de-milhares, mãe-de-muitos, Mother of Thousands (inglês).

SINONÍMIABryophyllum daigremontianum.

FAMÍLIA: Crassulaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Madagascar.

PORTE: Pode atingir até 1 metro de altura.

FOLHAS: Suculentas, de coloração verde médio / acinzentado, com manchas rochas na face inferior, mede cerca de 15-20 cm de comprimento, por um pouco mais de 3 cm de largura.

MÃE-DE-MILHARES, MOTHER OF THOUSANDS - (  Kalanchoe daigremontiana )

LUMINOSIDADE: Meia-sombra ou sol pleno.

Nota: A luz direta do sol nas horas mais quente do dia em lugares de clima quente poderá deixar as folhas “queimadas”.

ÁGUA: Como todas as plantas suculentas, como acumulam água, regar 1 vez por semana, permitindo que o substrato seque quase completamente entre duas regas.

Nota: Nunca deixe água acumulada, porque irá apodrecer as raízes e folhas e matar a planta.

CLIMA: Aprecia clima quente, não suporta frio intenso.

PODA: Apenas a retirada de ramos secos e desbaste para conter expansão da planta se achar necessário.

CULTIVO: Utilizar um substrato que tenha boa drenagem e não retenha água, sugestão: 1 parte de terra comum de jardim, 1 parte de terra vegetal e 2 partes de areia grossa.

FERTILIZAÇÃO: No outono, aplicar NPK 04-14-08 a cada 15 dias, cerca de 1 a 3 colheres de sopa, conforme tamanho do vaso, incorporar ao substrato com cuidado para não danificar as raízes da planta e regar em seguida.

UTILIZAÇÃO: Bastante ornamental, fica muito bonita em vasos e jardineiras.

Nota: Para cultivar diretamente no solo, é necessário que ele tenha boa drenagem, o que pode ser conseguido com a substituição de parte dele em profundidade e largura onde for plantada.

PROPAGAÇÃO: É feita por brotos que nascem nas folhas e ao cair no solo continuam a propagação da espécie.

Nota: A melhor época para fazer mudas é na primavera ou no verão, basta remover as mudinhas que já estão com pequenas raízes e coloca-las em substrato adequado, o crescimento é relativamente rápido.

PLANTA TÓXICA: Cuidados especiais com crianças e animais domésticos, pois todas as partes da planta são baste tóxicas e conforme quantidade ingerida poderá levar a morte.

PLANTA MEDICINAL: Tem propriedades medicinais, sendo utilizada no tratamento de várias doenças, entre elas o câncer.

Atenção: A utilização da planta para fins medicinais deve ser usada da forma e dosagem correta, para não ter efeito contrário ao desejado, vejam que é uma planta tóxica.

PRAGAS E DOENÇAS: Umidade em excesso, causam o aparecimento de manchas nas folhas, causadas por fungos, para tratar manter a planta em local arejado e aplicar fungicida que é feito a base de cobre.

MÃE-DE-MILHARES, MOTHER OF THOUSANDS - (  Kalanchoe daigremontiana )


FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Orto Botânico de Roma – Itália.