Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

PAU-DE-TUCANO, CINZEIRO - (Vochysia tucanorum Mart.)

20:20 0 Comments A+ a-

Postagem em revisão

NOME CIENTÍFICOVochysia tucanorum Mart.

NOME POPULAR: pau-de-tucano, fruta-de-tucano, cinzeiro, cinzeira, congonha-cachimbo, muriá, barriga-d’água, caixeta, rabo-de-arara, rabo-de-tucano, canela-santa, vinheiro-do-mato, coxa-de-frango, pau-terra, pão-doce, vinhático, pau-de-vinho, amarelinho, gomeira.

Nota: O nome popular pau-de-tucano é em referência ao fruto muito apreciado pelos tucanos e cinzeiro devido coloração do tronco.

SINONÍMIA: Cuçullaria tucanorum Spreng.

FAMÍLIA: Vochysiacea.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Brasil.

PORTE: Chega atingir 12 metros de altura e sua copa 7 metros de diâmetro.

FOLHAS:

FLORES: As inflorescências são compostas de muitas flores de coloração amarelo-dourado apontado para o céu. No Brasil floresce nos meses novembro-março.

FRUTOS: Tipo cápsula deiscente (abrem naturalmente quando maduros), amadurecem no Brasil em agosto-setembro.

TRONCO: Medindo de 30-40 cm de diâmetro, a casca é de coloração cinza, a madeira é leve, macia e de pouca durabilidade quando exposta em áreas externas sem proteção.

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Gosta de solo úmido, mas não encharcado.

CLIMA: Subtropical e tropical.

PODA: Não necessária, fazer apenas poda de formação retirando ramos secos e mal formados e brotações laterais.

CULTIVO:

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio no lugar definitivo, misturar na terra retirada da cova (40 x 40) esterco animal sempre muito bem curtido, cerca de 20 a 30 litros. Após 1 ano aplique ao redor do caule (nunca junto a ele) cerca de 5 colheres de sopa de NPK, fórmula 10-10-10.

UTILIZAÇÃO: Espetacular árvore bastante ornamental, no período de floração chama atenção de todos.

PROPAGAÇÃO: Por sementes, os frutos devem ser colhidos diretamente da árvore no momento que começarem a ter abertura espontânea, deixar no sol para terminar a liberação das sementes. A emergência ocorre entre 20-60 dias e a taxa de germinação é baixa.

Nota: O desenvolvimento das mudas é bem lento e a muda não gosta de transplante, portando devem ser cultivadas em embalagens maiores, para que possam desenvolver e ser levadas para o local definitivo, depois de 10 a 12 meses.
  
PLANTA MEDICINAL: Tem propriedades medicinais.
  

FOTOS DESTA POSTAGEM: