Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

31 de mai. de 2011

FIGUEIRA-BENJAMINA-VARIEGATA - ( Fícus benjamina “Variegata” )

-->
FIGUEIRA-BENJAMINA-VARIEGATA - (  Fícus benjamina “Variegata” )
NOME CIENTÍFICO: Fícus benjamina “Variegata”.

NOME POPULAR
: Figueira-benjamina-variegata, figueira-variegata.

SINONÍMIA: Fícus nítida.

FAMÍLIA: Moraceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Ásia - Índia, Malásia.

PORTE: Acima de 20 metros de altura.

FOLHAS: De tamanho pequeno, são brilhantes, perenes e de cor verde e amarela.
FIGUEIRA-BENJAMINA-VARIEGATA - (  Fícus benjamina “Variegata” ) - Detalhe da folha
FLORES:  De cor branca, sem valor ornamental.

FRUTOS: De tamanho pequeno e de cor vermelha, ocorrem na primavera.

TRONCO: Caule de cor acinzentada, quando a planta é jovem devido sua flexibilidade é costume realizar trançamentos, deixando-a com um aspecto bastante charmoso.

FIGUEIRA-BENJAMINA-VARIEGATA - (  Fícus benjamina “Variegata” ) - Detalhe do tronco

FIGUEIRA-BENJAMINA-VARIEGATA - (  Fícus benjamina “Variegata” )
RAÍZES:  Superficiais  e  bastante agressivas, chegam a  partir vasos e pavimentos.
FIGUEIRA-BENJAMINA-VARIEGATA - (  Fícus benjamina “Variegata” ) - Detalhe da raiz
LUMINOSIDADE: Sol pleno ou meia-sombra.

ÁGUA: Regar de forma moderada, não tolera encharcamento.

CLIMA: Prefere clima quente e úmido.

PODA: Aceita bem a poda.

CULTIVO:  De crescimento moderado, bastante rústica, deve ser cultivada em solo rico em matéria orgânica com boa drenagem.

FERTILIZAÇÃO: NPK, fórmula 10-10-10.

UTILIZAÇÃO: Em vasos, como cerca-viva, de forma isolada  e bonsai.

Atenção: É uma árvore de raízes superficiais vigorosas  portanto não deve ser plantada próximo a muros, calçadas e mesmo das casas.

PROPAGAÇÃO: Por estaquia de galhos lenhosos e sementes.

PLANTA TÓXICA: Sua seiva leitosa é tóxica, pode causar irritação na pele, portanto use luvas ao podar a palnta.

PREÇO: Os preços são muito variados de acordo com o tamanho, vasos, trabalhos de traçamento, etc.


FIGUEIRA-BENJAMINA-VARIEGATA - (  Fícus benjamina “Variegata” ) - Trançado em vaso tamanho PT14 R$ 2,65
FIGUEIRA-BENJAMINA-VARIEGATA - (  Fícus benjamina “Variegata” ) - Saco R$ 0,80

FIGUEIRA-BENJAMINA-VARIEGATA - (  Fícus benjamina “Variegata” )

30 de mai. de 2011

ÁRVORE-COUVE - ( Anthocleista grandiflora )


Anthocleista grandiflora.

NOME CIENTÍFICO: Anthocleista grandiflora.

NOME POPULAR: Árvore-couve, Forest fever tree.

SINONÍMIA: Anthocleista zambesiaca.

 
FAMÍLIA: Loganinaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: África do Sul.

PORTE: Até 30 metros de altura.

FOLHAS: Uma das coisas que mais chamam atenção, são suas enormes folhas, que estão agrupadas na ponta dos galhos e que chegam a ter mais de 1 metro de comprimento, por 0,5 metro de largura.

FLORES: Nascem nas pontas dos ramos, tem forma de trompete, pétalas recurvadas, de cor creme-branco e esverdeada e são perfumadas.

Clique para ampliar
Detahe da flor
Nota: Devido a altura da copa da árvore, fica bastante difícil observá-la de perto.

FRUTOS: De casca lisa, quase esféricos e carnosos.

TRONCO:
Clique para ampliar
Detalhe do tronco

Detalhe do tronco
 LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Aprecia solo sempre úmido. Seu seu habitat natural, são florestas de alta pluviosidade, e as vezes os lugares onde ela se encontra são terrenos alagados.

CLIMA: Prefere clima quente e úmido.

CULTIVO: Em solo rico em matéria orgânica.

FERTILIZAÇÃO: NPK, fórmula 10-10-10.

UTILIZAÇÃO: Requer espaços amplos, devido seu porte, mas  para espaços menores pode ser cultivada em grandes vasos, onde seu crescimento fica limitado.

PROPAGAÇÃO: Por sementes.
 
PLANTA MEDICINAL: Utilizada como remédio para malária.

PREÇO: A Fazenda Citra em Limeira / SP, tem mudas de 0,50 cm de altura e o preço pode ser obtido por consulta.


Clique para ampliar
Anthocleista grandiflora
 

29 de mai. de 2011

ABRICÓ-DE-MACACO - ( Couroupita guaianensis )


castanha-de-macaco, cuíca-de-macaco, árvore-de-macaco, macacarecuia, amêndoa-dos-andes
ABRICÓ-DE-MACACO - ( Couroupita guaianensis )

NOME CIENTÍFICO: Couroupita guaianensis.



NOME POPULAR: Abricó-de-macaco, castanha-de-macaco, cuíca-de-macaco, árvore-de-macaco, macacarecuia, amêndoa-dos-andes.



FAMÍLIA: Lecythidaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: América do Sul: Região da floresta Amazônica.

PORTE: 8 a 15 metros.

Nota: Em condições favoráveis e em seu habitat natural o tamanho pode ser bem maior.

FOLHAS: Simples, alternadas de formato lanceolado e elíptico.
r
Folhas castanha-de-macaco, cuíca-de-macaco, árvore-de-macaco, macacarecuia, amêndoa-dos-andes
ABRICÓ-DE-MACACO - ( Couroupita guaianensis )
FLORES: Tem um perfume suave semelhante ao das rosas,  tem seis pétalas carnosas e longos estames que saem diretamente do caule em grande quantidade. Durante a primavera e verão acontecem de forma mais intensa, mas é possível aparecerem em outras épocas do ano.

Clique para ampliar
Detalhe da flor
FRUTOS: Cápsulas globosas, de tamanho grande e de cor marrom. Sua polpa tem cor azulada e é gelatinosa , apesar de ser comestível, devido ao cheiro muito forte e desagradável, somente é apreciada pelos animais.


Fruto castanha-de-macaco, cuíca-de-macaco, árvore-de-macaco, macacarecuia, amêndoa-dos-andes
ABRICÓ-DE-MACACO - ( Couroupita guaianensis )
TRONCO:  Mede de 30 a 50 cm de diâmetro.

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Gosta de solo bastante úmido e até tolera encharcamento.

CLIMA: Aprecia calor e umidade.

CULTIVO: É uma planta de crescimento rápido, que deve ser plantada em solo fértil, que seja rico em matéria orgânica, quando jovem, necessita de tutoramento e proteção do sol, nas horas mais quentes. As flores irão aparecer depois do quinto ano.

FERTILIZAÇÃO: NPK, fórmula 10-10-10.

UTILIZAÇÃO: É uma árvore de beleza ornamental espetacular  mas não deve ser plantada em locais de circulação de pessoas e veículos, pois seus frutos são bastante pesados e quando caem, pode causar danos.

PROPAGAÇÃO: Por sementes.

Como produzir mudas através de sementes
Clique no link abaixo:
PREÇO: Em Limeira / SP na Fazenda Citra uma muda com 60 cm estava sendo comercializada por R$ 10,00.


castanha-de-macaco, cuíca-de-macaco, árvore-de-macaco, macacarecuia, amêndoa-dos-andes
ABRICÓ-DE-MACACO - ( Couroupita guaianensis )

28 de mai. de 2011

Como fazer mudas de Abricó-de-macaco ( Couroupita guianensis )



Como fazer mudas de Abricó-de-macaco ( Couroupita guianensis )



( 1 ) - Pegue os frutos no chão, após queda espontânea.


Mudas  Couroupita guianensis
Como fazer mudas de Abricó-de-macaco ( Couroupita guianensis )

( 2 ) - Retire a primeira casca.
Como fazer mudas de Abricó-de-macaco
Como fazer mudas de Abricó-de-macaco ( Couroupita guianensis )

Quebre para retirar a massa mucilaginosa onde estão as sementes. 

Preparação de mudas de Couroupita guianensis
Como fazer mudas de Abricó-de-macaco ( Couroupita guianensis )

( 4 ) - Retire  a massa que está dentro desta casca



Preparação de mudas de Abricó-de-macaco ( Couroupita guianensis )
Como fazer mudas de Abricó-de-macaco ( Couroupita guianensis )

( 5 ) - Coloque numa peneira e lave até ficar somente as sementes.



Sementes de Como fazer  de Abricó-de-macaco
Como fazer mudas de Abricó-de-macaco ( Couroupita guianensis )

( 6 ) Coloque as sementes para secar

C
Seeds Couroupita guianensis
Como fazer mudas de Abricó-de-macaco ( Couroupita guianensis )

( 7 ) - Coloque as sementes para germinar, utilizando sacos de mudas ou mesmo garrafas pet, com furos para escoamento de água, utilize substrato organo-argiloso e deixe num local semi-sombreado.

( 8 ) - Depois de no máximo 2 semanas irão aparecer as mudinhas.

 O plantio no campo pode ser feito depois de 5 a 7 meses

CONHEÇA A PLANTA EM DETALHES
Clique no link:

    27 de mai. de 2011

    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens )


    Trepadeira ornamental semi-lenhosa.
    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens )

    NOME CIENTÍFICO: Clerodendrum splendens.

    NOME POPULAR: Clerodendro-vermelho, clerodendro-trepador,  Flaming Glorybower.

    SINONÍMIA: Siphonanthus splendens.


    FAMÍLIA: Verbenaceae.

    CICLO DE VIDA: Perene.

    ORIGEM: África ocidental.

    PORTE: Até 3 metros.

    FOLHAS: São ovais, grandes, dispostas em pares opostos, de cor verde escura e tem nervuras bem definidas.



    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens ) - Detalhe da folha
    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens )
    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens )

    FLORES: Inflorescências compostas por muitas flores de cor vermelha em forma de buquês, elas despontam no outono e inverno e atraem beija-flores.
    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens )
    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens )

    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens )
    TRONCO: Formada por ramos longos.

    LUMINOSIDADE: Sol pleno, mas no verão nas horas mais quentes do dia se tiver sombra, ela irá se dar melhor.

    ÁGUA: Manter o solo sempre úmido, mas nunca encharcado, regando com maior quantidade no verão e menos durante o inverno.

    CLIMA: Prefere clima quente e úmido, tolera clima ameno mas não geadas.

    PODA: Aceita podas moderadas.

    CULTIVO: Planta bastante rústica, dispensa grandes manutenções, cultivar em solo bastante fértil, enriquecido com matéria orgânica. Seu crescimento vai de lento a moderado.

    FERTILIZAÇÃO: Aplicar NPK, fórmula 04-14-08,  de 3 a 16 colheres de sopa , conforme o tamanho da planta, sempre ao redor do caule.

    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens )
    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens )
    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens )

    UTILIZAÇÃO: Fica maravilhosa em caramanchões, treliças, pórticos ou seja diferentes tipos de suportes, necessita de amarrios e tutoramento. Pode ser cultivada em ambientes internos desde que tenha a luminosidade adequada.

    PROPAGAÇÃO: Por estaquia da ponta de ramos e alporquia.

    PREÇO: Na Fazenda Citra (Limeira / SP ) uma muda de 30cm estava sendo comercializada a R$ 6,00.





    CLERODENDRO-VERMELHO - ( Clerodendrum splendens ) - Muda comercializada

    26 de mai. de 2011

    RAINHA-DAS-ÁRVORES - ( Amherstia nobilis )



    Amherstia nobilis

    NOME CIENTÍFICO: Amherstia nobilis.

    NOME POPULAR: Rainha-das-árvores, Queen of Flowering Tress, Pride of Burma.


    FAMÍLIA: Leguminosas – Caesalpinoideae.

    CICLO DE VIDA: Perene.

    ORIGEM: Índia e Burma (Nyamnar).

    PORTE: De 7 a 20 metros de altura.

    FOLHAS: Suas folhas são compostas, formam 6 a 8 grandes folíolos. As folhas novas são pendentes, bastante ornamentais e tem cor marrom avermelhada. 


    Clique para ampliar 
    Detalhe da folha
    FLORES: Floresce quase o ano inteiro, mas com mais intensidade nos meses mais quentes do ano. Elas são maravilhosas, de cor vermelha, rosada e amarelo.

    Clique para ampliar
    Detalhe da flor

    FRUTOS: Vagens de 10 a 20 cm onde se encontram as sementes.

    TRONCO
    Clique para ampliar
    Detalhe do tronco
    LUMINOSIDADE: Sol pleno.

    ÁGUA: Aprecia solo úmido mas nunca encharcado.

    CLIMA: Prefere clima quente: Tropical e Subtropical.

    CULTIVO: Gosta de solo rico em matéria orgânica e que tenha boa drenagem. O ideal seria cultivar em regiões que tenham bastante umidade no ar e no solo, por isso o litoral é bastante indicado, mas não havendo estas condições, não descuidar da rega em épocas de estiagem.

    FERTILIZAÇÃO: Adubar com NPK, fórmula 10-10-10, colocando sempre ao redor, nunca junto ao caule, 3 colheres de sopa. A medida que a planta for se desenvolvendo aumentar a quantidade.

    UTILIZAÇÃO: Uma árvore maravilhosa que faz jus a seu nome popular, fica muito bem em jardins amplos.

    PROPAGAÇÃO
    : Por sementes e alporquia.   


    Clique para ampliar 
    Alporquia
    Nota: Após o primeiro ano de plantio,plantas obtidas por alporquia já florescem.

    PREÇO
    : Uma muda de 90 cm estava sendo comercializada por R$ 150,00 na Fazenda Citra em Limeira / SP

    Amherstia nobilis

    25 de mai. de 2011

    FÓRMIO - ( Phormium tenax )


    Herbácea rizomatosa.
    Clique para ampliar
    Phormium tenax.

    NOME CIENTÍFICO: Phormium tenax.

    Clique para ampliar
    Phormium tenax ‘Variegatum
    Obs: Existe o Phormium tenax ‘Variegatum’.

    NOME POPULAR: Fórmio, fibra-da-nova-zelândia, linho-da-nova-zelândia, cânhamo-da-nova-zelândia.


    FAMÍLIA: Agaveaceae.

    CICLO DE VIDA: Perene.

    ORIGEM: Oceania - Nova Zelândia.

    PORTE: Até 3 metros de altura.

    FOLHAS
    : Bastante ornamentais, em forma de lâmina, eretas e longas. De coloração verde ou avermelhada e com margens e listas de cores diversas como o branco, róseo, amarelo, roxo e laranja.


    Clique para ampliar 
    Detalhe da folha: Página Superior
    Detalhe da folha: Página Inferior

    FLORES: As inflorescências são de cor vermelha e surgem na primavera, elas atraem beija-flores.
    Detalhe da inflorescência

    TRONCO: Acaule. (não tem caule).

    LUMINOSIDADE
    : Sol pleno ou meia-sombra.

    ÁGUA: Necessita de solo sempre úmido ( regar dia sim dia não).

    CLIMA: Prefere climas amenos e frio, mas aceita também o Tropical.

    PODA: Retirar apenas folhas secas.

    CULTIVO: E uma planta bastante rústica, deve ser cultivada em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica.

    UTILIZAÇÃO: Como maciço, revestimento de muros, de forma isolada ou em vasos. Fica bem em jardins estilo tropical, de pedras ou contemporâneo.

    Nota: Na Nova Zelândia das folhas da planta, são retiradas fibras, que são usadas para fabricar cestas e outros artesanatos.

    PROPAGAÇÃO: Por divisão de touceiras em qualquer época do ano e por sementes.

    PLANTA MEDICINAL: Existe nesta planta propriedades medicinais.

    PREÇO: Em Holambra / SP a muda estava sendo comercializada por R$ 17,50.


    Clique para ampliar
    Muda comercializada
     

    24 de mai. de 2011

    GRAMA-PRETA - ( Ophiopogon japonicus )


    Clique para ampliar
    Grama-preta - Ophiopogon japonicus
     NOME CIENTÍFICO: Ophiopogon japonicus.

    NOME POPULAR: Grama-preta, grama-japonesa.

    Nota: Existe uma variedade anã de folhas mais curtas e a variegata de folhas na cor verde-amarelada.

    SINONÍMIA: Convallaria japonica.

     
    FAMÍLIA:Liliaceae.

    CICLO DE VIDA: Perene.

    ORIGEM: Japão, China e Coréia.

    PORTE: Forma tufos com cerca de 15 cm de altura, suas folhas arqueadas chegam a 30 - 40 cm de comprimento.

    FOLHAS: Finas e na cor verde-escura.

    TRONCO: Acaule (sem caule).

    LUMINOSIDADE: Sol pleno, meia-sombra ou sombra.

    ÁGUA: Aprecia solo ligeiramente úmido, regar de 2 a 3 vezes por semana.

    CLIMA: Quente e úmido a temperado.

    PODA: Não há necessidade.

    CULTIVO: Terra rica em húmus e que tenha boa drenagem. Ela não resiste a pisoteio. Quando plantada pela primeira vez por meio de rizomas, espalha de forma lenta, mas depois de consolidada tem crescimento rápido.

    FERTILIZAÇÃO: Fazer adubações semestrais.

    UTILIZAÇÃO: Bastante utilizada como bordadura e forração sobre sombra de árvores e lugares onde não há transito de pessoas.

    PROPAGAÇÃO: Por divisão de touceiras, no início da primavera.

    PLANTA MEDICINAL: É uma planta com várias propriedades medicinais.

    PREÇO: Em Holambra / SP estava sendo comercializada por R$ 7,00 a caixa de mudas.

    Clique para ampliar 
    Mudas comercializadas
     

    23 de mai. de 2011

    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima )


    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima)

    NOME CIENTÍFICO: Euphorbia pulcherrima.

    NOME POPULAR: Bico-de-papagaio, poinsétia, Folha-de-sangue, flor-de-são-joão, flor-de-páscoa, flor-de-natal.

    SINONÍMIA: Euphorbia caracasana, Euphorbia coccinea, Euphorbia erithrophylla, Poinsetia pulcherrima.

     
    FAMÍLIA: Euphorbiaceae.

    CICLO DE VIDA: Perene.

    ORIGEM: América do Norte: México.
     
    PORTE: Atinge 3 metros de altura numa única temporada.

    FOLHAS: Ásperas que medem de 10 a 20 cm, mas que variam na textura e tamanho conforme a cultivar.


    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima) - Detalhe da folha
    FLORES: As flores aparecem no fim do outono até inicio da primavera, são minúsculas protuberâncias de cor verde-amareladas, que despontam nas pontas dos galhos adultos, mas as brácteas (folhas modificadas) são grandes e coloridas que fazem  todo efeito ornamental  desta planta. 

    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima) - Detalhe das flores

    Nota: Existem atualmente muitos cultivares, resultado de melhoramento genético, portando, vamos encontrar brácteas de cor vermelha, rosadas, brancas, amarelas e cores intermediárias.

    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima) - Detalhe da flor e bráctea

    TRONCO: De textura rugosa e semi-lenhosa.


    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima) - Detalhe do tronco
    LUMINOSIDADE: Sol pleno.

    ÁGUA: Aprecia água, mas não solo encharcado, 2  a 3 regas semanais são suficientes.

    CLIMA: Prefere clima quente e úmido. Não tolera geadas.

    PODA: Para ter uma folhagem inteiramente nova, pode a planta na primavera de cada ano a 15 cm do solo.

    CULTIVO: Solo fértil, enriquecido com matéria orgânica e que tenha boa drenagem.

    FERTILIZAÇÃO: NPK, fórmula 10-10-10.

    UTILIZAÇÃO: A maioria das pessoas conhecem esta planta em vasos e de bráctea vermelha, que bastante comercializada por ocasião do Natal, mas ela fica maravilhosa de forma isolada ou em conjunto semeada no jardim.

    PROPAGAÇÃO: Por estacas de galho retiradas após floração da planta.

    Curiosidade: Para conseguir comercializar a planta na época do Natal no Brasil, os produtores diminuem a luminosidade em seus viveiros, pois da forma normal, sua floração não aconteceria nesta época e sim quando os dias são mais curtos e as temperaturas mais baixas.

    PREÇO: Em Holambra / SP o vaso tamanh PT 14 estava sendo comercializado por R$ 9,90.


    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima) - Muda comercializada


    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima) - Muda comercializada
    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima)
    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima)
    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima)
    POINSÉTIA - (  Euphorbia pulcherrima )
    POINSÉTIA - (  Euphorbia pulcherrima )
    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima) - 

    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima)
    POINSÉTIA - ( Euphorbia pulcherrima)
    Poinsetia Limoncello - Cultivar

    Poinsétia Giulietta - Cultivar

    FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei na chácara onde moro em Mogi Mirim e em Holambra / SP