Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

22 de nov. de 2015

ARECA-CATECHU, PALMEIRA-BÉTEL, NOZ-DE-BETEL - ( Areca catechu )

palmeira-betel, noz-de-betel
ARECA-CATECHU, PALMEIRA-BÉTEL, NOZ-DE-BETEL - ( Areca catechu )


NOME CIENTÍFICO: Areca catechu.


Nota: “Catechu” é o nome de origem malaia.

NOME POPULAR: areca-catechu, palmeira-betel, noz-de-betel.


Nota: Devido ao costume de mascar sua noz junto com folhas da "Piper betle" ela é erroneamente chamada de bétel.

FAMÍLIA: Arecaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Malásia.

PORTE: Chega atingir de 10 a 15 metros de altura e 2 a 3 metros de copa.

FOLHAS: Pinadas, não numerosas, medem cerca de 1 a 2 metros de comprimento.
 
Folhas areca-catechu
ARECA-CATECHU, PALMEIRA-BÉTEL, NOZ-DE-BETEL - ( Areca catechu )
FLORES: Desponta na base do palmito, ramificada e curta.

FRUTOS: De coloração alaranjada quando maduros.

TRONCO: Ereto, relativamente fino em relação ao porte da planta, mede cerca de 10 a 15 cm de diâmetro.
 
Mudas areca-catechu, palmeira-betel, noz-de-betel
ARECA-CATECHU, PALMEIRA-BÉTEL, NOZ-DE-BETEL - ( Areca catechu )
 palmeira-betel, noz-de-betel
ARECA-CATECHU, PALMEIRA-BÉTEL, NOZ-DE-BETEL - ( Areca catechu )
LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Aprecia solo mantido sempre úmido, mas não encharcado, não tolera estiagem.

CLIMA: Gosta de clima quente e não tolera frio intenso.

PODA: Não necessária.

CULTIVO: Deve ser cultivado em solo arenoso, enriquecido com composto orgânico, mantido úmido.

FERTILIZAÇÃO: Aplique ao redor do caule (nunca junto a ele) cerca de 1 a 5 colheres de NPK (conforme tamanho da planta), fórmula 10-10-10, incorpore levemente e regue em seguida.

UTILIZAÇÃO: Não muito difundida no Brasil, fica espetacular de forma isolada ou pequenos conjuntos, em  grandes jardins e empreendimentos comerciais , também pode ser cultivada em vasos em ambientes a meia-sombra que recebam muita claridade.

PROPAGAÇÃO: Por sementes, que demoram cerca de 7 meses para germinar, enquanto a planta for jovem não deve ser deixada a sol pleno.

PLANTA MEDICINAL: A noz tem efeito estimulante do sistema nervoso central, o povo asiático tem costume de fazer uso diário, pode ser comparado a uma dose de anfetamina leve.

Nota: O uso permanente desta noz deixa mancha de coloração na boca e dentes.

PLANTA TÓXICA: Dosagens elevadas podem causar mal estar.

PRAGAS E DOENÇAS: Lagarta-das-palmeiras - (Brassolis sophorae), ácaros e ocasionalmente cochonilhas.

PREÇO: Estava sendo comercializada por R$ 425,00.

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei na Gran Flora do Veiling de Holambra / SP.

NOVAS FOTOS:


mudas palmeira-betel, noz-de-betel
ARECA-CATECHU, PALMEIRA-BÉTEL, NOZ-DE-BETEL - ( Areca catechu )

Mudas areca-catechu, palmeira-betel, noz-de-betel
ARECA-CATECHU, PALMEIRA-BÉTEL, NOZ-DE-BETEL - ( Areca catechu )

Quanto custa areca-catechu, palmeira-betel, noz-de-betel
ARECA-CATECHU - Preço (PT30) - Garden Cidade das Flores - Holambra - SP

19 de nov. de 2015

Euphorbia enterophora

Euphorbia enterophora
NOME CIENTÍFICOEuphorbia enterophora.

NOME POPULAR:

FAMÍLIA: Euphorbiaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Madagascar.

PORTE: Chega atingir 4 metros de altura, mas encontrando condições favoráveis de solo e clima pode ter dimensões bem maiores.

FOLHAS: Praticamente não tem folhas, são efêmeras, ou seja, permanecem por pouco tempo na planta, medem cerca de 6 x 4 mm.

FLORES: De valor ornamental secundário, são bem pequenas, tem coloração amarela, despontam na primavera na ponta dos ramos.

FRUTOS: São pequenas cápsulas.

TRONCO: Pode ter um tronco central cilíndrico e muitos ramos achatados que ao receberem luz solar ficam de coloração avermelhada
 
Euphorbia enterophora
LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Regue de forma bem moderada (1 vez por semana), mantenha o substrato ligeiramente úmido durante os meses de crescimento e suspenda a rega no inverno.

CLIMA: Gosta de clima quente, não tolera frio intenso.

PODA: Não necessária, mas pode ser feita para reduzir dimensões da planta.

CULTIVO: Bastante rústica, deve ser cultivada em solo com excelente drenagem que não acumule água.

FERTILIZAÇÃO: Aplique NPK, fórmula 10-10-10, cerca de 1 colher de sopa para vasos pequenos e em quantidades maiores conforme tamanho da planta. Aplique ao redor do caule, nunca junto a ele, incorpore levemente ao substrato e regue em seguida.

UTILIZAÇÃO: Fica muito bonita em jardim de pedras e também em vasos, se estiverem dentro de casa devem ficar perto de uma janela e receberem sol.

Euphorbia enterophora

PROPAGAÇÃO: De fácil propagação por estacas, o corte deve ser mergulhado em hormônio de enraizamento e deixar cicatrizar por cerca de 5 a 7 dias, a melhor época é no final da primavera.

PLANTA TÓXICA: A seiva leitosa pode causar dermatite de contato e cuidados especiais para não ter contato com os olhos.

NOTA: No manuseio, principalmente em podas deve ser usada luvas grossas e óculos de proteção se por acidente parte da seiva entrar em contato com a pele lave imediatamente.

PREÇO: Em Holambra pode ser encontrado por R$ 16,00 a R$ 20,00.


FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Gran Flora do Veilling de Holambra / SP.

17 de nov. de 2015

GERÂNIO-ARGENTINO - ( Pelargonium domesticum )

Existe uma variedade muito grande de gerânio.

Esse da foto estava identificado como: GERÂNIO-ARGENTINO - ( Pelargonium domesticum )

Quando tiver mais informações colocarei aqui no blog.

GERÂNIO-ARGENTINO - ( Pelargonium domesticum )
.

GERÂNIO-ARGENTINO - ( Pelargonium domesticum )

Preço praticado em Holambra / SP

12 de nov. de 2015

Blog: “MEU CANTINHO VERDE
Olá amigos!
Abaixo  a Mídia Kit do Blog.
Estamos a procura de parceiros, com esse retorno financeiro seria possível continuar  este trabalho, revisar as atuais e responder dúvidas dos leitores.
Para contato:
marioffranco@hotmail .com


Plantas Ornamentais
VISITAS:
Nos últimos 30 dias: 62.812.
Média: 2.100 visitas / dia.
Visualização de páginas (9/11/2015): 6.740.
Visualização de páginas mês: 176.974.
Histórico de todas as visualizações: 5.674.428.
Novas Visitas: 76,9%.

SEXO:
Masculino: 54,15%
Feminino: 45,85%

IDADE:
18-24 – 27,50%
25-34 – 33,50%
35-44 – 15,50%
45-54 – 12,50%
55-64 – 5,50%
Mais de 65 – 5,50%

VISUALIZAÇÕES DE PÁGINA POR NAVEGADOR:
Chrome: 74%
Safari: 8%
Firefox: 7%
Mobile Safari: 3%
Internet Explorer: 2%
Outros: 6%

VISUALIZAÇÕES DE PÁGINA POR SIST. OPERACIONAL:
Windows: 58%
Android: 28%
I Phone: 4%
I Pad: 3%
Linux: 1%
Outros: 6%

PAIS:
Recebemos visita de mais de 160 países, sendo a maioria do Brasil, seguido na seguinte ordem:
1º - Brasil
2º - Portugal
3º - Estados Unidos
4º - França
5º - Espanha
6º - Argentina
7º - Alemanha
8º - Inglaterra
9º - Angola
10º - Suíça
11º - Japão
12º - Itália 

FONTEGoogle Analytics em 10/11/2015.

ÁRVORES NAS RUAS E PRAÇAS DE MOGI MIRIM - SP

Estarei colocando nesta postagem fotos das árvores da cidade onde moro.

Para quem desejar conhecer detalhes da planta é só clicar no link que vem logo embaixo do nome 



CÁSSIA-IMPERIAL, CHUVA-DE-OURO - ( Cássia fistula )


Para conhecer:
Clique no link abaixo

CÁSSIA-IMPERIAL, CHUVA-DE-OURO - ( Cássia fistula )

CÁSSIA-IMPERIAL, CHUVA-DE-OURO - ( Cássia fistula )

Localização
LOCALIZAÇÃO:

10 de nov. de 2015

PREÁ - ( Cavia aperea )

NOME COMUM: Preá.

Os leitores do blog podem estar perguntando:
- Porque um preá no blog de plantas.
É que aqui na chácara onde moro tem um bando de 7 que são vistos diariamente no gramado.
Passaram a fazer parte do jardim.
PREÁ - ( Cavia aperea )


NOME CIENTÍFICO: Cavia aperea.

FAMÍLIA: Cavidae

PESO AO NASCER: 75 a 100 gramas.

TAMANHO: De 25 a 30 cm quando adultos.

PESO ADULTO: Varia entre 800 g e 1,5 Kg.

ORIGEM: Regiões sul e sudeste do Brasil, Argentina e Paraguai.

ALIMENTAÇÃO: São constituídas basicamente de capins, raízes, sementes, tubérculos e verduras.

NINHOS: Em pequenos buracos, moitas de cactos e bromélias.

ASPECTO GERAL: Tem pernas curtas, orelhas pequenas e nenhum vestígio de cauda.

PELO: Áspero, de coloração que varia do castanho ao cinza-escuro com a ponta mais escura e bem claro junto à pele.

PREÁ - ( Cavia aperea )

PREDADORES: aves de rapina, cobras, felinos e canídeos.


HÁBITOS: Não sentindo ameaça podem ser visto em bandos praticamente o dia inteiro, procura evitar sol pleno. 

FOTOS DA POSTAGEM: Fotografei na chácara onde moro em Mogi Mirim - SP

2 de nov. de 2015

QUANDO PODAR O HIBISCO?

QUANDO PODAR O HIBISCO?
Quando podar o hibisco?

No hemisfério sul a melhor época de podar o hibisco é nos meses que não tem a letra “R”, ou seja: maio, junho, julho e agosto.
A poda é realizada para redução do tamanho da planta e para estimular novas brotações.

O instrumento de corte deve ser bem afiado e esterilizado, se for realizado em caules mais grossos passar pasta preparada a base de enxofre para evitar entrada de doenças.

QUANDO PODAR O HIBISCO?
Mais fotos:


1 de nov. de 2015

PLANTA-CARNÍVORA, VÊNUS-PAPA-MOSCAS, DIONÉIA - ( Dionaea muscipula )

Planta carnívora.
PLANTA-CARNÍVORA, VÊNUS-PAPA-MOSCAS, DIONÉIA - ( Dionaea muscipula )

NOME CIENTÍFICODionaea muscipula.

NOME POPULAR: dionéia, donea, Vênus-papa-moscas, Vênus-caça-moscas.

FAMÍLIA: Droseraceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Estados Unidos.

PORTE: Cerca de 10 cm de altura.

FOLHAS: Em forma de roseta, com cerca de 4 a 7 folhas, dividida em 2 lóbulos com “dentes” nas extremidades, que se fecham quando estimulados por uma presa. O pecíolo achatado tem a função de realizar a fotossíntese.
 
PLANTA-CARNÍVORA, VÊNUS-PAPA-MOSCAS, DIONÉIA - ( Dionaea muscipula )
Nota: A planta sobrevive sem insetos, não deve ser estimulada sendo cutucada ou colocado alimentos indevidos ou de tamanho inadequado (insetos com 1/3 do tamanho da armadilha é o suficiente).

FLORES: São pequenas e delicadas flores de coloração branca, que irão dar origem a sementes de coloração preta e brilhante.

Nota: Em plantas jovens a haste floral deve ser cortada antes de florescer, com isso o crescimento de novas folhas não será reduzido, pois a florada consome muita energia e pode inclusive matar a planta.

TRONCO: Praticamente acaule, tem um pequeno caule subterrâneo.

LUMINOSIDADE: As plantas necessitam de receber algumas horas de sol pleno, de preferência fora das horas mais quentes do dia.

ÁGUA: O substrato deve ser mantido úmido, ela tolera encharcamento, mas não solo seco.

Nota: Só deve ser regada com água destilada, de chuva, ou fervida (sendo utilizada quando atingir a temperatura ambiente).

CLIMA: Gosta de clima quente e úmido.

PODA: Não necessária.

CULTIVO: Mistura de areia grossa de construção e esfagno, ou somente musgo e esfagno, o ph ideal é entre 4,0 e 4,5.

FERTILIZAÇÃO: Não deve ser adubada.

UTILIZAÇÃO: É cultivada principalmente pela curiosidade que desperta nas pessoas. Na ficção mostram a existência de grandes plantas que poderiam devorar inclusive presas maiores.

PROPAGAÇÃO: Pela divisão da planta, por folhas e por sementes (muito demorada).

PREÇO: Em Holambra / SP na Garden Pronta Flora estava sendo comercializada por R$ 4,40 o pote tamanho 11.


FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei em Holambra / SP.