Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

29 de jun. de 2016

Phalaenopsis NARBONNE - Anthura

Lançamento na 23ª HORTITEC realizada em Holambra / SP
Stand da Anthura.

Phalaenopsis NARBONNE - Anthura
Phalaenopsis NARBONNE - Anthura

SITE: https://www.anthura.nl

Phalaenopsis NARBONNE - Anthura

28 de jun. de 2016

ABÓBORA HÍBRIDA CORINA F1


ABÓBORA HÍBRIDA CORINA F1
ABÓBORA HÍBRIDA CORINA F1

CULTIVO: Planta rústica, vigorosa, precoce, com resistência a viroses e com boa produtividade.

TAMANHO MÉDIO: 14 x 24 cm.

PESO MÉDIO: 4,2 kg.

COLORAÇÃO: Casca verde-escura rajada de creme e polpa alaranjada.

FRUTOS: Bastante atrativo,  uniformes e polpa de ótima qualidade.

CICLO: 120 dias.

PRODUTOR SEMENTES:



ABÓBORA HÍBRIDA CORINA F1
ABÓBORA HÍBRIDA CORINA F1

27 de jun. de 2016

Blog Meu Cantinho Verde

Blog Meu Cantinho Verde

MINI ALFACES GOURMET

Nos dias de hoje cada vez mais as pessoas estão a procura de produtos de qualidade, frescos, que já venham prontos e livres de agrotóxicos e pesticidas

MINI ALFACES GOURMET

MINI ALFACES GOURMET - Remoção da parte central para liberar todas folhas


Parte Central

MINI ALFACES GOURMET



25 de jun. de 2016

MELHORAMENTO E PROPAGAÇÃO DE ROSAS - OLIJ BREEDING BV

Presente na 23ª HORTITEC realizada em Holambra / SP a Olij Breeding BV empresa sediada na Holanda especializada no melhoramento e propagação de rosas.

SITEhttp://www.olijrozen.nl/

MELHORAMENTO E PROPAGAÇÃO DE ROSAS - OLIJ BREEDING BV
MELHORAMENTO E PROPAGAÇÃO DE ROSAS - OLIJ BREEDING BV
MELHORAMENTO E PROPAGAÇÃO DE ROSAS - OLIJ BREEDING BV
MELHORAMENTO E PROPAGAÇÃO DE ROSAS - OLIJ BREEDING BV
MELHORAMENTO E PROPAGAÇÃO DE ROSAS - OLIJ BREEDING BV

24 de jun. de 2016

Schoneveld Breeding BV - Variedades de cyclamen

Presente na 23ª HORTITEC realizada em Holambra, a Schoneveld Breeding BV 
apresentou variedades de cyclamen.

A empresa de Twello - Holanda além do Cyclamen, também comercializa Primula acaulis e obconica, Ranunculus e Campânula.



Schoneveld Breeding BV - Variedades de cyclamen
Schoneveld Breeding BV - Variedades de cyclamen
Schoneveld Breeding BV - Variedades de cyclamen

Schoneveld Breeding BV - Variedades de cyclamen - Jerry van der Spek


Schoneveld Breeding BV - Variedades de cyclamen 

SLABS ( Saco de Cultivo )

SLABS  como podem serem vistos nas fotos são sacos de cultivo, muito resistente, de fácil manejo, baixo custo, grande economia de água (menos evaporação), com nenos incidência de pragas.

SLABS  (Saco de Cultivo)
Pode ser encontrado nas seguintes dimensões:
0,30 m x 1,50 m x 250 micras

Dimensões cheio:
1,35 m e aproximadamente 30 kg
Volume de substrato 50 litros.

SLABS  (Saco de Cultivo)
PREPARAÇÃO:

- Encher o saco com substrato de boa absorção e drenagem;

- Deixar de forma arredondada;
- Fazer perfuração de drenagem na parte inferior;
- Na parte superior fazer furos de plantio de mudas, com espaçamento conforme espécie a ser cultivada.
- Em seguida é muito importante efetuar o primeiro molhamento;
- Eles não devem ficar apoiados no solo e sim numa base de pelo menos 10 cm;
- Utilizar sistema de gotejamento

SLABS  (Saco de Cultivo)
PRODUTOR:

19 de jun. de 2016

PALMEIRA-JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana)

Vejam a palmeira-jerivá: 



Acompanhamento da PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) na chácara onde moro

Inflorescência em novembro / 2015:

Jerivá - flores
PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) - flores


O mesmo cacho da foto anterior com os frutos maduros em Julho / 2016:
Com o peso encostou no chão.


Jerivá
PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) - frutos
Detalhe dos Frutos:


Coquinhos Jerivá
PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) - frutos


PALMEIRA-JERIVÁ -fruto
PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) - fruto

Alimento para pássaros:

PALMEIRA-JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana)
PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) - pássaros

NOME CIENTÍFICO: Syagrus romanzoffiana.


NOME POPULAR: jerivá, gerivá, coqueiro-gerivá, coco-babão, baba-de-boi, coco-de-catarro, coco-de-cachorro.


Nota: O nome “jerivá” significa em Tupi Guarani “fruta gomosa de cacho” em referência a forma e textura dos frutos.

SINONÍMIA: Arecastrum romanzoffianum, Cocos romanzoffiana, Cocus plumosa, Cocos acrocomoides, Cocps arechavaletana, Cocos austyralis, Cocos datil, Cocos romanzoffiana, Cocos martiana.


FAMÍLIA: Palmae (Arecaceae).

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Brasil.

PORTE: Chega a 15 metros de altura.

Nota: No meio das florestas, junto a outras árvores, competindo por luz solar, chega atingir alturas maiores.

FOLHAS: Arqueadas, pinadas, de 8 a 15 folhas que medem de 2,5 a 4 metros de comprimento, sua copa não é separada do tronco.

FLORES: A inflorescência é interfoliar (nasce entre as folhas), os cachos pendentes são protegidos por espádice (invólucro), medem cerca de 1,00 a 1,50 metros de comprimento, depois de aberta surgem milhares de flores, sendo que a proporção é 1 feminina para 2 masculinas.

FRUTOS:  Os coquinhos são drupas de coloração amarela ou alaranjada quando maduros, cada fruto pesa de 6 a 10 gramas e a semente é ovoide com ponta e no outro lado base arredondada, a polpa é doce parecendo um chiclete natural, a amêndoa é branca, adocicada e farinácea.

TRONCO:  Cilíndrico, de coloração cinzenta, marcado com anéis deixados pelas bases das folhas, medem cerca de 25 a 62 cm de diâmetro.

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Aprecia solo ligeiramente úmido, mas não encharcado.

CLIMA: De quente a temperado, é resistente a clima um pouco mais frio.

PODA: As folhas secas podem ser cortadas, sem retirar a base que envolve e protege o tronco.

CULTIVO: Principalmente quando bem jovem deve ser cultivada em substrato que tenha composto orgânico e não descuidar de regas, depois de estabelecida, dispensa maiores cuidados.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio da muda, misturar no substrato esterco animal sempre bem curtido, depois de um ano repita incorporando ao solo antes da estação das chuvas.

UTILIZAÇÃO: Bastante ornamental, é fácil de fazer o transplante mesmo quando adulta.

PROPAGAÇÃO: Por sementes, demoram cerca de 3 a 5 meses para germinarem, a taxa é de 60%.


PLANTA MEDICINAL: Casca, flor e frutos são usados para problemas renais e como vermífugos, o óleo extraído das amêndoas ajuda a diminuir os efeitos de artrite, osteoporose e reumatismo.

PRAGAS E DOENÇAS: Principalmente atacada pelas lagartas da borboleta Brassolis sophorae, antes que façam muito estrago, devem ser localizadas e retiradas (durante o dia ficam dentro de um casulo, são cerca de mais de 50)


FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei na chácara onde moro em Mogi Mirim / SP. 

IMAGENS EM DEZEMBRO 2016

Mudas Palmira-jerivá
PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) - Germinação ao lado do tronco 
PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana)
PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) - Plantei em 07 /06/2016, a emergência é lenta podendo demorar de 3 a 6 meses 
Coquinhos PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana)
PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) - Produz durante o ano inteiro, é possível cachos de frutos em diferentes estágios de maturação

Inflorescência  PALMEIRA-JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana)
PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) - Primeira inflorescência em  25 dez 2016
Flores PALMEIRA-JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana)

PALMEIRA- JERIVÁ - (Syagrus romanzoffiana) - Imagem macro da inflorescência 

9 de jun. de 2016

FOLHA DO IPÊ-AMARELO

Folha Composta, formada por 3 a 7 folíolos.
Recebe o nome de 'folha digitada' porque elas partem do mesmo ponto e são parecidos com os dedos de uma mão, por essa razão o termo 'digitada'.

FOLHA DO IPÊ-AMARELO - Página Superior
Folíolo do IPÊ-AMARELO
FOLHA DO IPÊ-AMARELO - Página Inferior
Detalhe do folíolo do IPÊ-AMARELO - Página Inferior
Detalhe do folíolo do IPÊ-AMARELO - Página Superior
Detalhe do folíolo do IPÊ-AMARELO - Página Superior

PARA CONHECER A PLANTA
(clique no link abaixo)


7 de jun. de 2016

Qual o sombreamento que uma orquídea deve receber?

Qual o sombreamento que uma orquídea deve receber?

Realizei uma pesquisa com cerca de 500 espécies de orquídeas, com isso posso afirmar que 70% preferem um sombramento de 50%, que pode ser conseguido através da luz do sol filtrada pelas árvores perenes ou artificialmente por coberturas ripadas ou telas de sombreamento.

Sempre é bom lembrar que as pessoas devem pesquisar o comportamento das espécies que estão cultivando proporcionando a elas o sombreamento adequado para terem sucesso com a planta.


Qual o sombreamento que uma orquídea deve receber?
Telas de Sombreamento

Qual o sombreamento que uma orquídea deve receber?

RESULTADO DA PESQUISA:

10 a 30% : 4%
40% : 4%
50% : 70%
60% : 13%
70% : 7%
80% : 3%

OBS: Vale lembrar que existem orquídeas terrestres que podem receber sol pleno.

5 de jun. de 2016

ORQUÍDEA RHYNCHOSTYLIS

ORQUÍDEA RHYNCHOSTYLIS 
NOME CIENTÍFICORhynchostylis gigantea.

NotaRhynchostylis é um pequeno gênero epífita composto de apenas 4 espécies.

NOME POPULAR: orquídea-rhynchostylis, orquídea-rabo-de-raposa.

FAMÍLIA: Orchidaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Tailândia, Vietnã, Malásia, Camboja, Myanmar.

PORTE: Cerca de 30 cm de altura.

FOLHAS: São lineares, rígidas, carnosas.

FLORES: A inflorescência é composta por uma haste floral ereta ou pendente que mede cerca de 30 cm de atura, com um maravilhoso cacho com muitas flores que medem 3 X 3 cm, cerosas e perfumadas. São encontradas nas colorações rósea, branca e vermelha.
 
ORQUÍDEA RHYNCHOSTYLIS 
Nota: Suas flores tem durabilidade de mais de 30 dias.

LUMINOSIDADE: Manter com sombreamento 50%.

ÁGUA: Gosta de substrato mantido sempre úmido mas não encharcado, em épocas quentes deve ser regada diariamente.

Nota: Suas folhas e raízes podem ser borrifadas com água para melhorar a umidade.

CLIMA: Aprecia clima quente e úmido.

Nota: O seu local de origem tem baixa a média altitude, com temperatura e umidade elevada, por essa razão prosperam melhor nessas condições.
  
PODA: Não necessária, somente a retirada de flores secas.

CULTIVO: É uma planta relativamente rústica e bem resistente. Deve ser cultivada com substrato próprio para orquídeas, que tenham ótima drenagem e sejam arejados.

FERTILIZAÇÃO: Aplique fertilizante foliar próprio para orquídeas a cada 15 dias num período de 6 meses.

UTILIZAÇÃO: Fica espetacular em qualquer ambiente de forma isolada ou fazendo composição com outras plantas.

PROPAGAÇÃO: Pode ser feito a partir de novas raízes, quando surgirem pontinhas de coloração verde a operação pode ser realizada.

PRAGAS E DOENÇAS: Se ocorrer o aparecimento de fungos ocasionados principalmente por excesso de umidade ou ataque de insetos, aplicar fungicidas e inseticidas seguindo sempre as orientações do fabricante.

PREÇO: Estava sendo comercializada por R$ 158,00.


FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei na Garden Pronta Flora em Holambra / SP.

3 de jun. de 2016

DECORAÇÃO DE ÁRVORES COM CROCHÊ

DECORAÇÃO DE ÁRVORES COM CROCHÊ
DECORAÇÃO DE ÁRVORES COM CROCHÊ
DECORAÇÃO DE ÁRVORES COM CROCHÊ
DECORAÇÃO DE ÁRVORES COM CROCHÊ
IMAGENS: Fotografei em Monte Sião / MG

NotaFoi inspirada no movimento internacional Yarn Bombing (bombardeio de novelos), nascido nos EUA em 2005, mas que já espalhou pelo mundo a arte de 'embrulhar' patrimônios públicos com tricô e crochê, como forma de intervenção artística