Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

21 de fev. de 2009

MUSSAENDA-ROSA - ( Mussaenda alicia )


MUSSAENDA-ROSA - ( Mussaenda alicia )

Arbusto vigoroso de textura semi-lenhosa, e de aparência compacta.

NOME CIENTÍFICO: Mussaenda alicia.

ESPÉCIES: Existem muitas espécies de Mussaenda, eis algumas:
  • Mussaenda erythrophylla
  • Mussaenda fondosa
  • Mussaenda incana
  • Mussaenda philippica
NOME POPULAR: Mussaenda-rosa, mussaenda-rosa, mussaenda-rosa-arbustiva.

SINONÍMIA: Mussaenda erythrophylla rosea

FAMÍLIA: Rubiaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: África e Ásia.

CLIMA: Aprecia clima quente, é pouco tolerante ao frio, é uma planta indicada para regiões tropicais. 

FLORES: Produz muitas infllorescências, bastante duráveis na primavera e verão,  com flores pequenas, discretas e de coloração amarela e sépalas grandes de cor rósea e salmão. 

MUSSAENDA-ROSA - ( Mussaenda alicia )
PORTE: Seu porte pode atingir 2 a 3 metros de altura.



FOLHAS: Com nervuras bem definidas, ovaladas e aveludadas.


TRONCO:Tem textura semi-lenhosa.



LUMINOSIDADE: Sol pleno.



ÁGUA: Aprecia solo úmido, mas não encharcado, regar 2 vezes por semana.

PODA: Pode ser realizada após a florada.

FERTILIZAÇÃO: Aplicar de 1 a 3 colheres de NPK, fórmula 04-14-08, conforme o tamanho da planta, sempre na projeção da copa, longe do caule.

UTILIZAÇÃO: Utilizada em maciço ou de forma isolada. Pode ser cultivada em vasos também como cerca viva.

CULTIVO: A mussaenda-rosa aprecia solos ricos em matéria orgânica e irrigados regularmente.Sugestão de mistura para vaso: 2 partes de composto orgânico, 1 parte de terra comum de jardim e 1 parte de terra vegetal.
 
PROPAGAÇÃO: Multiplica-se por estacas da ponta dos ramos, postas a enraizar em locais potegidos.

PREÇO: Em Holambra/SP estava sendo comercializada entre R$ 12,00 a R$ 15,00.

MUSSAENDA-ROSA - ( Mussaenda alicia ) - Muda comercializada
 
MUSSAENDA-ROSA - ( Mussaenda alicia )

MUSSAENDA-ROSA - ( Mussaenda alicia ) - Mudas comercializadas


FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei em Holambra / SP.


Novas Fotos - Jardim Botânico Plantarum:

Mussaenda-rosa - Mussaenda x philippica "Queen Sirikit"
Mussaenda-rosa - Mussaenda x philippica "Queen Sirikit"
Mussaenda-rosa - Mussaenda x philippica "Queen Sirikit"
 

19 de fev. de 2009

IRIZINE, CORAÇÃO-MAGOADO - ( Iresine herbstii)

Nome Científico: Iresine herbstii.
 
Nomes Populares: Iresine, coração-magoado, coração-de-maria.

 
Sinonímia: Achyranthes verschaffeltii.

 
Família: Amarantaceae.

 
Origem: América do Sul, Brasil.

 
Flores: Inflorescências terminais eretas e ramificadas que surgem no verão, mas de importância ornamental secundária.

 
Propagação: Multiplica-se por estacas de forma bem fácil, preparadas no verão.

 
Porte: Herbácea perene, de até 1,5 metro.

 
Cuidados: Cultivado a sol pleno em terra rica em matéria orgânica, não tolera clima muito frio.




ATENÇÃO


Esta postagem foi revisada
Para ver , clique no link abaixo:

IRESINE, CORAÇÃO-MAGOADO - ( Iresine herbstii )



Iresine herbstii Hook
Foto: Mário Franco

CROSSANDRA - Crossandra nilotica


Foto: Mário Franco

# Nome científico: Crossandra nilotica
# Origem: África Tropical
# Porte: Semi-herbácea perene de 80 cm a 1,60 m de altura.

# Propagação: por estaquia
# Flores: Inflorescências curtas e densas com muitas flores, formadas principalmente na primavera e verão.
# Utilização: Pode ser cultivada em vasos, ou utilizada para fazer belos efeitos ornamentais em canteiros.
# Cuidados: Cultivar a meia-sombra, em solo rico em matéria orgânica com irrigações periódicas.

Existem várias espécies de Crossandra, eis algumas:

  • Crossandra acutiloba
  • Crossandra afromontana
  • Crossandra albolineata
  • Crossandra angolensis
  • Crossandra arenicola
  • Crossandra infundibuliformis ( Crossandra-salmão)

18 de fev. de 2009

VIOLETA-PERSA (Exacum affine)

Foto: Mário Franco
  • Nome Científico: Exacum affine
  • Nome Popular: Violeta-persa, violeta-da-pérsia,violeta-alemã, violeta-da-pérsia
  • Família: Gentianaceae
  • Divisão: Angiospermae
  • Origem: Yemen (Ilha de Socotra)
  • Ciclo de Vida: Bienal
Porte: 30 a 60 cm de altura.

Propagação: Multiplica-se por estacas e sementes.

Cuidados: Cultivar sob sol pleno e meia-sombra, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado a intervalos regulares. Proteger no verão de sol forte, mas nas outras estações ela cresce melhor sob sol pleno.

Quando as plantas começarem a florir é interessante que estejam na sombra, pois assim irão produzir flores mais escura coloridas. Luz e calor excessivo pode deixar as flores desbotadas.

Flores: Nas cores, azuis, violáceas ou brancas, existem ainda variedades anãs e de flores dobradas e anãs.

Existem outras espécies de Exacum:

  • Exacum alatum
  • Exacum amplexicaule
  • Exacum amplexifolium
  • Exacum anamallayanum
  • Exacum bicolor
  • Exacum caeruleum
  • Exacum socotranum

17 de fev. de 2009

PENTA (Pentas lanceolata Schum)

* Nome Científico: Pentas lanceolata.

* Nome Popular: pentas, estrela-do-egito.

* Família: Rubiaceae.

* Origem: África tropical e Arábia.

* Ciclo de Vida: Perene.


ATENÇÃO

Esta postagem foi revisada
Para ver nova postagem, clicar no link abaixo: 

PENTAS, ESTRÊLA-DO-EGITO - ( Pentas lanceolata )




Foto: Mário Franco

16 de fev. de 2009

PALMA-VERDE, PALMA-BRAVA, OPUNTIA - (Opuntia leucotricha)

PALMA-VERDE, PALMA-BRAVA, OPUNTIA - (Opuntia leucotricha)
NOME CIENTÍFICOOpuntia leucotricha DC.

NOME POPULAR: palma-verde, palma-brava, opuntia.

FAMÍLIA: Cactaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: México.

PORTE: De 3 a 5 metros de altura.

FOLHAS: Inexistentes, os segmentos de coloração verde fazem a função fotossintética.

FLORES: De coloração amarela, solitárias, de tamanho grande.

FRUTOS: De cor vermelha, são comestíveis.

TRONCO: Cacto arbustivo, podendo ser conduzido como arbóreo, com segmentos ovalados achatados, chamados de palma. São recobertos com espinhos finos.

PALMA-VERDE, PALMA-BRAVA, OPUNTIA - (Opuntia leucotricha)
LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Regar uma vez por semana no caso de ausência de chuvas.

CLIMA: Aprecia clima quente, não tolera frio intenso.

PODA: Não necessária, mas pode ser realizada para diminuição de seu tamanho.

CULTIVO: Bastante rústica, deve ser cultivada em solo com boa drenagem, pois água acumulada apodrece as raízes e caule.

FERTILIZAÇÃO: Não é exigente, mas a mistura de um pouco de esterco de gado bem curtido ou composto orgânico por ocasião do plantio, deixará a planta mais viçosa.

UTILIZAÇÃO: Fica muito bonita como planta isolada, ou em grupos fazendo composição com outras plantas suculentas. Também é utilizada como cerca-viva.

PROPAGAÇÃO: Por separação das palmas, que podem ser plantadas em qualquer época do ano

Nota: Logo após os artículos serem destacados, deixe cicatrizar o corte antes do plantio.


FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei em Holambra / SP.



CACTO-BOLA (Echinocactus grusonii)

Echinocactus grusonii
Nomes Populares: Cacto-bola, cadeira-de-sogra
Família das cactáceas
Origem: América do Norte, México
Porte: cacto até 1,30 metro de altura e 80cm de diâmetro
Flores: Após 10 anos de plantio, flores grandes de cor amarela
Propagação: por sementes




Foto: Mário Franco