Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

29 de fev. de 2012

BORBOLETEIRA, FLÔR-BORBOLETA - ( Clerodendrum ugandense )


Arbusto ornamental.
BORBOLETEIRA, FLÔR-BORBOLETA - ( Clerodendrum ugandense )

BORBOLETEIRA, FLÔR-BORBOLETA - ( Clerodendrum ugandense )
NOME CIENTÍFICO: Clerodendrum ugandense.

NOME POPULAR: Flor-borboleta, clerodendro-africano, clerodendro-azul.

FAMÍLIA: Verbenaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: África: Uganda e Quênia.

PORTE: Até 3 metros de altura.

FOLHAS: Opostas, ovaladas e bordas dentadas, com 7 a 10 cm de comprimento.


BORBOLETEIRA, FLÔR-BORBOLETA - ( Clerodendrum ugandense ) - Detalhe da folha: Página (face) superior


BORBOLETEIRA, FLÔR-BORBOLETA - ( Clerodendrum ugandense ) - Detalhe da folha: Página (face) inferior
 
FLORES: Despontam nas extremidade dos ramos, composta por três lóbulos de coloração azul clara e um azul violeta, parecem pequenas borboletas e são produzidas durante todo verão e outono.


BORBOLETEIRA, FLÔR-BORBOLETA - ( Clerodendrum ugandense ) - Detalhe da flor
LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Gosta de solo úmido, mas não encharcado, regar 2 vezes por semana.

CLIMA: Tem preferência por clima quente e úmido e não tolera frio intenso.

PODA: Para se obter belas floradas é indicada podar anualmente.

CULTIVO: Tem crescimento rápido, aprecia solo areno-argiloso. Sugestão para mistura: 1 parte de terra comum de jardim, 1 parte de areia grossa de construção e 1 parte de composto orgânico.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio para uma cova de 40 x 40 cm misture bem a terra retirada composto orgânico ou 10 colheres de NPK, fórmula 04-14-8.

UTILIZAÇÃO: Fica muito bonito ao longo de cercas e alambrados e na formação de maciços ou renques.

PROPAGAÇÃO: Por estaquia da ponta de galhos e sementes.

PREÇO: Em Holambra / SP na Garden Cidade das Flores a muda estava por R$ 17,00.

BORBOLETEIRA, FLÔR-BORBOLETA - ( Clerodendrum ugandense
BORBOLETEIRA, FLÔR-BORBOLETA - ( Clerodendrum ugandense)
BORBOLETEIRA, FLÔR-BORBOLETA - ( Clerodendrum ugandense)

28 de fev. de 2012

CIPREST - Viveiro de Mudas

Olá amigos!

Hoje estive visitando o Viveiro de Mudas CIPREST, que comercializa mudas de plantas frutíferas e ornamentais.

Clique para ampliar
Viveiro de Mudas CIPREST

Ela está localizada na Rodovia Limeira- Artur Nogueira, km 10,5.

Fiquei conhecendo o Edilson, uma pessoa bastante simpática que me atendeu muito bem.

Clique para ampliar
Edilson e eu

 Fiz muitas fotos por lá e estarei postando, tem muita coisa legal.

Para quem deseja conhecer a CIPREST:

www.ciprest.com.br

27 de fev. de 2012

ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata )


ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata )
NOME CIENTÍFICO: Koelreuteria bipinnata.

NOME POPULAR: Árvore-da-china, árvore-camarão.

FAMÍLIA: Sapindaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: China.

PORTE: De 10 a 15 metros de altura.

FOLHAS: São compostas, bipinadas, de coloração verde, com folíolos de formato ovalado. É uma espécie caducifólia, ou seja, perde todas suas folhas no inverno.  

ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Folha composta

ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Detalhe do folíolo: página (face) superior

ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Detalhe do folíolo: página (face) inferior
  
FLORES: Começam a despontar no final do verão / começo do outono, são pequenas, de coloração amarela, com quatro pétalas, produzidas em grandes panículas ramificadas, despontam nas extremidades dos ramos, tem fragrância agradável e são hermafroditas.
ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Floradas e frutos
 
ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Detalhe da flor e fruto
 Nota: Como aparecem de forma simultânea flores e frutos, dá impressão  que a arvore produz flores de amarelas e vermelhas.

ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Flores e frutos simultâneos

FRUTOS: São cápsulas de três lóbulos inflados, com 3 a 6 cm de comprimento, de coloração avermelhada.

TRONCO: De coloração cinza, ereto e copa esférica e  aberta.

ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Detalhe do tronco
LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Quando jovem manter o solo ligeiramente úmido, sem encharcar, regando 2 vezes por semana. Após adulta, só regar no caso de estiagens muito prolongadas.

CLIMA: Prefere clima temperado e subtropical.

PODA: Não necessária, realizar apenas poda de condução, retirando brotações laterais, galhos secos e mal formados.

CULTIVO: Não é muito exigente em relação ao solo, mas prefere os ricos em matéria orgânica e que tenham boa drenagem.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio, para uma cova de 40x40 cm, misture bem na terra retirada cerca de 20 a 30 litros de esterco de gado bem curtido, composto orgânico ou 10 colheres de sopa de NPK, fórmula 10-10-10.

UTILIZAÇÃO: Uma maravilhosa árvore de pequeno porte, bastante ornamental, pode ser utilizada na arborização urbana, parques, praças e jardins.

PROPAGAÇÃO: Através de sementes, que germinam em menos de 1 mês.

ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Detalhe das sementes

ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Taxa de germinação é alta
 PLANTA MEDICINAL: Tem propriedades medicinais.

PREÇO: Pode ser encontrada a venda por cerca de R$ 8,00.


NOVAS FOTOS

ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Quando secam é hora de colher as sementes
ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Detalhe das sementes
ÁRVORE-DA-CHINA - ( Koelreuteria bipinnata ) - Germinam em menos de 1 mês




26 de fev. de 2012

PALMEIRA ARECA TRIANDRA - ( Areca triandra )

PALMEIRA ARECA TRIANDRA - ( Areca triandra )


Palmeira ornamental entouceirada.

PALMEIRA ARECA TRIANDRA - ( Areca triandra )
NOME CIENTÍFICO: Areca triandra.


NOME POPULAR: Areca-triandra, Wild areca palma.


FAMÍLIA: Arecaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Índia e arquipélago da Malásia.

PORTE: De 5 a 7metros de altura.

FOLHAS: Seu tronco fino é coroado de folhas muito ornamentais, pinadas, de coloração verde-brilhante, recurvadas, chegando atingir 1,80 metros de comprimento.

FLORES: Inflorescências de coloração creme, perfumadas, sem muito apelo ornamental.

FRUTOS: Bastante vistosos, com cerca de 2,5 cm de comprimento, polpa macia, e ao ficar maduro varia da coloração laranja para o escarlate.

Frutos PALMEIRA ARECA TRIANDRA
PALMEIRA ARECA TRIANDRA - ( Areca triandra ) - Detalhe dos frutos
Nota: A polpa sai facilmente com a maturação, expondo a semente.

frutos PALMEIRA ARECA TRIANDRA
PALMEIRA ARECA TRIANDRA - ( Areca triandra )
TRONCO: Ereto, com várias estipes que se desenvolvem paralelamente, ao mesmo tempo outras vão surgindo na base da plantas, anelados, pouco espessos, com tamanho que variam de 3 a 6 cm de diâmetro.

caule PALMEIRA ARECA TRIANDRA
PALMEIRA ARECA TRIANDRA - ( Areca triandra ) - Caules
LUMINOSIDADE: Meia-sombra.

Nota: Somente em sua fase adulta suporta sol pleno.

ÁGUA: Aprecia solo ligeiramente úmido, mas não encharcado. Quando jovem ou cultivada em vasos, não descuidar das regas, que devem ser feitas 2 vezes por semana.

CLIMA: Prefere regiões tropicais e subtropicais.

PODA: Não necessária, retirar folhas secas e novas brotações se desejar.

CULTIVO: Na adquisição de uma muda, ao transplantá-la para o lugar definitivo, seja em vasos ou no jardim, o tamanho da cova deve ter pelo menos o dobro do tamanho do torrão, que deve ser manuseado com bastante cuidado, para não ser partido. A seguir siga os cuidados, descritos nos itens desta postagem.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio para uma cova de 40 x 40 cm aplique cerca de 20 a 30 litros de esterco de gado bem curtido, bem misturado a terra retirada ou adubo orgânico.

UTILIZAÇÃO: Pode ser utilizada de forma isolada ou em grupos em parques e jardins, sempre sobre proteção de árvores maiores, pois não suporta luz direta do sol. Quando jovem é muito utilizada em grandes vasos, em ambientes internos e bem iluminados.

PROPAGAÇÃO: Por sementes ou divisão de touceiras.

PREÇO: Devido seu crescimento relativamente lento, o valor da muda varia conforme tamanho da planta, um exemplar adulto chega a custar mais de R$ 500,00.

NOVAS FOTOS:



Mudas PALMEIRA ARECA TRIANDRA - ( Areca triandra )
PALMEIRA TRIANDRA - ( Areca triandra )
PALMEIRA ARECA TRIANDRA - ( Areca triandra )
PALMEIRA TRIANDRA - ( Areca triandra )
 ARECA TRIANDRA
PALMEIRA TRIANDRA - ( Areca triandra )
PALMEIRA ARECA TRIANDRA - ( Areca triandra )
PALMEIRA TRIANDRA - ( Areca triandra ) - Garden Cidade das Flores Holambra / SP

25 de fev. de 2012

HORTÊNSIA - ( Hydrangea macrophylla )


Arbusto semi-lenhoso.
 
HORTÊNSIA - ( Hydrangea macrophylla )
NOME CIENTÍFICO: Hydrangea macrophylla.

Nota: Foram desenvolvidos muitos híbridos. Sendo encontradas plantas, com flores e folhas com formatos e cores diferenciados.

NOME POPULAR: Hortênsia, hortência, hidrângea, rosa-do-japão.

Nota: A Hortênsia é a flor símbolo da cidade de Gramado, situada no Rio Grande do Sul no Brasil.

SINONÍMIA: Viburnum macrophyllum.

FAMÍLIA: Saxifragaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Ásia - China e Japão

PORTE: Até 2 metros de altura.

FOLHAS: De coloração verde-clara, com bordas dentadas.

HORTÊNSIA - ( Hydrangea macrophylla ) - Detalhe da folha página (face) superior

HORTÊNSIA - ( Hydrangea macrophylla ) - Detalhe da folha página (face) inferior

FLORES: Suas inflorescências estão dispostas em forma de buquês, compostas de muitas flores e apresentam formas e cores diversas conforme a cultivar.

HORTÊNSIA - ( Hydrangea macrophylla ) - Coloração rosa em solos alcalinos
 
HORTÊNSIA - ( Hydrangea macrophylla ) - Coloração azul em solos ácidos

Nota: Conforme o Ph do solo, as flores podem ser mais de coloração rosa, se o solo for alcalino e mais azuis, se o solo for mais ácido.

TRONCO: O caule é de textura semi-lenhosa.

LUMINOSIDADE: Sol pleno e meia-sombra para regiões de clima um pouco mais quente.

ÁGUA: Mantenha o solo ligeiramente úmido, nunca encharcado.

CLIMA: Prefere clima ameno e frio e regiões de altitude. Não tolera clima quente.

PODA: Corte primeiramente as flores quando secarem. Para que se obtenha uma bela florada, a planta precisa ser podada de forma radical no final do inverno, deixe em torno de 2 palmos de altura para plantas jovens e as mais antigas um pouco mais alta.

CULTIVO: Arbusto bastante rústico e de fácil cultivo, em regiões de clima adequado. Aprecia solo rico em matéria orgânica com boa drenagem. Para se obter flores rosas ou brancas, aplique no solo, calcário dolomítico (200 a 400 gramas por metro quadrado)

FERTILIZAÇÃO: Na preparação do local de plantio, para uma cova de 40 x 40 cm misture cerca de 20 a 30 litros de esterco de gado bem curtido ou 10 colheres de sopa de NPK, fórmula 04-14-08. No caso de vasos aplique 1 colher de sopa ao redor do caule,nunca junto a ele, regue em seguida.

UTILIZAÇÃO: Como bordaduras, cerca-viva, maciços, renques e em vasos

PROPAGAÇÃO: Por estaquia, da ponta de ramos. Em cerca de 5 meses irão aparecer folhas e flores.

PREÇO: Em Holambra / SP o pote (vaso) tamanho PT 24, estava sendo comercializado por R$ 14,60 e o PT 30 por R$ 17,50.

MAIS FOTOS: Só clicar abaixo
Hortênsia – ( Hydrangea macrophylla )

HORTÊNSIA - ( Hydrangea macrophylla )


24 de fev. de 2012

ABACAXI-DE-JARDIM - ( Ananas lucidus )

ABACAXI-DE-JARDIM - (Ananas lucidus)
NOME CIENTÍFICO: Ananas lucidus.


Nota: Existe o Ananas bracteatus var. striatus, que tem folhas com bordas branco-creme.

NOME POPULAR: Abacaxi-de-jardim.

FAMÍLIA: Bromeliaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

Nota: Para ter sempre um belo exemplar, fazer mudas anualmente.

ORIGEM: Brasil.

PORTE: Chega atingir 1,20 metros de altura.

FOLHAS: De coloração verde, longa, com bordas bastante serrilhadas.

FRUTOS: Seu frutos de coloração vermelha, são bastante ornamentais, podem ser até comestíveis, mas devido serem muito ácidos não são utilizados com esta finalidade.

ABACAXI-DE-JARDIM - (Ananas lucidus) - Detalhe do fruto
LUMINOSIDADE: Sol pleno e meia-sombra (regiões muito quente).

ÁGUA: Não gosta de substrato encharcado, mantenha ligeiramente úmido, regar 2 vezes por semana, dosando a quantidade conforme a temperatura, mais no verão e menos no inverno.

CLIMA: Quente ou ameno, com temperatura acima de 15º C. Não tolera frio intenso.

PODA: Não necessária.

CULTIVO: Bastante rústica e de fácil cultivo, aprecia solo arenoso. Sugestão de mistura: 1 parte de terra comum de jardim, 1 parte de terra vegetal, 1 parte de composto orgânico e 2 partes de areia grossa de construção.

FERTILIZAÇÃO: Aplique NPK, fórmula 04-14-08.

UTILIZAÇÃO: De belo efeito ornamental, podem ser cultivadas de forma isolada, em pequenos grupos, para delimitar áreas e também em vasos.

PROPAGAÇÃO: Plantio da coroa, retirar todo resíduo do fruto e 4-5 folhas da base, plantar numa profundidade de 2-3 cm.

PREÇO: Em Holambra /SP, o pote (vaso), tamanho PT15, estava sendo comercializado por R$ 12,00.

ABACAXI-DE-JARDIM - (Ananas lucidus) - Planta comercializada
PRODUTOR: NaturAYO - Fortaleza - Ceará - Brasil