Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

31 de jan. de 2014

POMELO, LARANJA-CHINESA - ( Citrus máxima )




Atenção:
Postagem incompleta, ainda está passando por revisão


POMELO, LARANJA-CHINESA - ( Citrus máxima )
 NOME CIENTÍFICO: Citrus máxima.

NOME POPULAR: Pomelo, cimboa, laranja-chinesa, laranja-natal.

FAMÍLIA: Rutaceae.

CICLO DE VIDA: Perene

ORIGEM: Sudeste Asiático.

PORTE: De 5 a 8 metros de altura.

FOLHAS:
 
POMELO, LARANJA-CHINESA - ( Citrus máxima )
FLORES:

FRUTOS: Podem pesar até 2 quilos, e 25 cm de diâmetro, é considerado a maior das frutas cítricas
 
Pomelo Gigante Rubi
TRONCO:
 
POMELO, LARANJA-CHINESA - ( Citrus máxima )
LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Principalmente quando jovem o solo deve ser mantido úmido, mas não encharcado, depois de adulta regar quando acontecer estiagem prolongada.

CLIMA:

PODA: Apenas poda de formação, retirando brotações laterais, ramos secos e mal formados.

CULTIVO: O melhor período para o plantio é na época das chuvas, para uma cova de pelo menos 40 x 40 cm incorporar na terra retirada cerca de 20 a 30 litros de esterco animal muito bem curtido, após 60 dias pode ser feito adubo de cobertura, repetindo depois a cada 3 meses, sempre na projeção da copa, nunca junto ao caule.

FERTILIZAÇÃO: Aplicar esterco bem curtido ou composto orgânico.

UTILIZAÇÃO: Além de chamar atenção de todos pelo tamanho dos frutos. No oriente a casca é serve para fazer doces e a indústria farmacêutica e de cosméticos utiliza principalmente devido a grande quantidade de óleos essenciais.
Nota: O produtor Edilson Giacon, dá uma dica que se a árvore for conduzida através de podas, deixando o galho central, quando adulta os frutos no alto ficarão maravilhosos.

PROPAGAÇÃO: Por enxertia.

PLANTA MEDICINAL:

PREÇO: Mudas enxertadas com 1 metro de altura custam R$ 25,00.


FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Viveiro de Mudas CIPREST
Fruta cortada: Edilson Giacon

29 de jan. de 2014

CALICARPA - ( Callicarpa reevesi )



Árvore ou arbusto

CALICARPA - ( Callicarpa reevesi )

NOME CIENTÍFICO: Callicarpa reevesi.



Nota: Existem várias espécies de Callicarpa.


NOME POPULAR: Calicarpa.


FAMÍLIA: Verbenaceae.



CICLO DE VIDA: Perene.



ORIGEM: China.



PORTE: De 5 a 7 metros de altura.



FOLHAS: Simples, de coloração verde-médio com ramagem longa e nervuras bem definidas.

CALICARPA - ( Callicarpa reevesi ) - Detalhe da folha página (face) superior

CALICARPA - ( Callicarpa reevesi ) - Detalhe da folha página (face) inferior

FLORES: Suas inflorescências são vistosa, formada por grande quantidade de flores de coloração rosa que despontam no verão.

 
CALICARPA - ( Callicarpa reevesi ) - Detalhe das inflorescências.
FRUTOS: Os frutinhos de coloração rosa-claro, despontam logo que as flores caem, estão reunidos em cachos e são muito procurados por pássaros frugíveros (*), como bem-te-vis, sabiás, sanhaços, saíras etc.
CALICARPA - ( Callicarpa reevesi ) - Detalhe dos frutos


(*) A dieta alimentar é composta principalmente de frutos, as sementes são eliminadas intactas contribuindo com a disseminação da espécie na natureza.

Nota: É uma das arvores mais indicadas para alimentar pássaros



LUMINOSIDADE: Sol pleno.



ÁGUA: Gosta de solo úmido mas nunca encharcado, regar de 1 a 2 vezes por semana, conforme necessidade, com maior volume nas épocas mais quentes e menor nas mais frias.


CLIMA: Prefere clima ameno, mas se adaptou bem aos demais climas, só não tolera geadas intensas.



PODA: Para que fique no formato de uma arvoreta, deve ser realizada poda de condução retirando brotações laterais, forçando a verticalidade.



CULTIVO: De rápido crescimento, não é muito exigente em relação ao tipo de solo, mas prefere os ricos em matéria orgânica, soltos e com boa drenagem.



FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio, misturar bem esterco de gado bem curtido ou composto orgânico a terra retirada da cova. Após 6 meses aplicar NPK, fórmula 04-14-08 na projeção da copa, nunca junto ao caule, incorporar levemente ao solo e regar em seguida.



UTILIZAÇÃO: Além de seu aspecto muito ornamental, mas principalmente com o objetivo de preservar a fauna nativa fica bem em fazendas, sítios, chácaras, pesqueiros, etc.



PROPAGAÇÃO: Por sementes.



PREÇO: Varia conforme tamanho da planta, uma muda com 60-70 cm de altura custa de R$ 8,00 a R$ 10,00.



COMPRA DE MUDAS: Fale com Edilson (19) 99601-7665, que ficou conhecendo a planta aqui no blog e obtenha desconto especial.





FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Viveiro de Mudas CIPREST. 
Foto dos frutos:  Edilson Giacon 

28 de jan. de 2014

BARLÉRIA, BUSH VIOLET - ( Barleria obtusa )

BARLÉRIA, BUSH VIOLET - ( Barleria obtusa )
NOME CIENTÍFICO: Barleria obtusa.

NOME POPULAR: Barléria, Bush violet.

FAMÍLIA: Acanthaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: África do Sul.

PORTE: Arbusto que pode chegar atingir 3 metros de altura.

FOLHAS: De coloração verde-médio e formato ovalo-alongadas.
 
BARLÉRIA, BUSH VIOLET - ( Barleria obtusa ) - Detalhe da folha
FLORES: De coloração rosa-arroxeada, despontam na ponta dos ramos e despontam no outono/inverno.
 
BARLÉRIA, BUSH VIOLET - ( Barleria obtusa ) - Detalhe da flor
LUMINOSIDADE: Sol pleno ou meia-sombra.

ÁGUA: Principalmente quando jovem manter o solo ligeiramente úmido, mas nunca encharcado, depois de adulta tolera um pouco de estiagem.

CLIMA: Gosta de clima quente e não tolera geadas.

CULTIVO: Prefere solo rico em matéria orgânica e que tenha boa drenagem.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio misturar bem na terra, esterco de gado sempre muito bem curtido ou composto orgânico, após 6 meses aplique NPK, fórmula 04-14-08 de 1 a 3 colheres de sopa por planta, (conforme tamanho), incorpore levemente ao solo e regue em seguida. Não coloque junto ao caule.

UTILIZAÇÃO: Em vasos, jardineiras, bordaduras.

BARLÉRIA, BUSH VIOLET - ( Barleria obtusa )
PROPAGAÇÃO: Por estacas e sementes.

PLANTA MEDICINAL: Tem propriedades medicinais.

PREÇO: O vaso (pote) tamanho  PT14, estava sendo comercializada por R$6,90. 
 
BARLÉRIA, BUSH VIOLET - ( Barleria obtusa ) - Plantas comercializadas
FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei em Holambra/SP na Expoflora / 2013.

BARLÉRIA, BUSH VIOLET - ( Barleria obtusa )