Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

4 de nov de 2018

SAPUCAIA - ( Lecythis pisonis Cambess )

Adicionar legenda


NOME CIENTÍFICO: Lecythis pisonis Cambess.

NOME POPULAR: sapucaia, sapucaia-vermelha, cabeça-de-macaco, castanha-sapucaia, caçamba-do-mato, cumbuca-de-macaco, marmita-de-macaco, jacapucaia.

Nota: O termo “sapucaia” se origina do tupi, que significa “Fruto que faz saltar o olho” em referência o fato de abrir um opérculo no fruto quando maduro para liberar as sementes.

SINONÍMIA: Couroupita crenulata, Couroupita lentula, Lecythis ollaria, Lecythis umigera, Lecythis amazonum, Lecythis velloziana, Lecythis usitata.


SAPUCAIA - ( Lecythis pisonis Cambess )

SAPUCAIA - ( Lecythis pisonis Cambess )

 






FAMÍLIA: Lecythidaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Brasil.

Nota: Encontrada na floresta pluvial atlântica, ocorre em maior quantidade no sul da Bahia e norte do Espírito Santo.

PORTE: De 20-30 metros de altura.

Nota: Quando cresce de forma isolada a atura varia entre 10-20 metros de altura.

FOLHAS: Quando novas tem coloração que podem variar: creme, avermelhadas, verde clara, depois de adultas ficam verde com uma textura coriácea (duras), glabras (sem pelos), com pequenos recortes. É semidecíduas (perde parte das folhas no outono/inverno) 
SAPUCAIA - ( Lecythis pisonis Cambess )
FLORES: Perfumadas, atraentes, com até 7 cm de diâmetro, de coloração violácea, textura carnosa, com muitos estames amarelos. 


SAPUCAIA - ( Lecythis pisonis Cambess )


FRUTOS: Produz um fruto seco (pixídio), com textura lenhosa, possuindo uma tampa que se abre quando está maduro, para liberar as sementes, que são grandes e comestíveis.


Nota: Cada fruto contém cerca de 10-30 sementes, a maturação leva cerca de 10-12 meses e ocorre geralmente nos meses de agosto-setembro.

TRONCO: Mede cerca de 50-90 cm de diâmetro, de madeira moderadamente pesada,
 

SAPUCAIA - ( Lecythis pisonis Cambess )

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Gosta de solo ligeiramente úmido, mas não encharcado, principalmente quando jovem regar de 2 vezes por semana, depois de estabelecida, no caso de secas prolongadas.

CLIMA: Aprecia clima quente e úmido.

PODA: Não necessária, apenas de formação com a retirada de brotações laterais e galhos secos e com má formação.

CULTIVO: Prefere solo argiloso, rico em matéria orgânica.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio da muda, misture bem na terra retirada da cova, esterco de gado sempre muito bem curtido.

UTILIZAÇÃO: Além de ser uma árvore bastante ornamental, suas sementes são saborosas, podendo ser consumidas cruas, cozidas ou torradas, os frutos são utilizados no artesanato.

Nota: A presença é muito importante para a fauna, por servir de alimentação de macacos, morcegos e outros animais silvestres. 

PROPAGAÇÃO: Por sementes e enxertia.

PLANTA MEDICINAL: Tem diversas propriedades medicinais, das sementes é extraído óleo que é utilizado no tratamento de lesões da pele,

Nota: É colocada água na cabaça da sapucaia, sendo consumida em pequenas doses, acredita-se que cura diabetes e regula o açúcar no sangue.

PREÇO: Varia conforme tamanho das mudas, para não ter problemas deve ser adquirido em viveiros idôneos.


FOTOS DESTA POSTAGEM: Recebi da minha amiga Nilza Pires.
  







Nenhum comentário:

Postar um comentário