Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

22 de abr de 2012

PALMEIRA-TALIPOT - ( Corypha umbraculifera L.)

NOME CIENTÍFICO: Corypha umbraculifera L.


NOME POPULAR: Palmeira-talipot, palma-talipot, talipot.



FAMÍLIA: Araceae.



CICLO DE VIDA: Perene.



ORIGEM: Sul da Índia (Malabar Coast) e Sri Lanka.



PORTE: Chega atingir 30 metros de altura.



FOLHAS: Em forma de leque, de grande tamanho. Os restos secos dos pecíolos permanecem pendurados no tronco.


PALMEIRA-TALIPOT - ( Corypha umbraculifera L.) - Detalhe das folhas

FLORES: Maior florada no reino vegetal, é monocárpico, ou seja, produz flor e frutos apenas uma vez em sua vida, o que acontece entre 40 a 80 anos. A inflorescência é composta por aproximadamente de 1 milhão de microflores de coloração creme, que se formam por uma haste bastante ramificada, de mais de 5 metros de altura, na parte superior do tronco.


 Florada apenas uma vez na vida

Nota: A variação do tempo para florada se deve ao local e clima onde está plantada, se ela estiver em área aberta, com grande exposição à luz do sol o processo é acelerado, mas se estiver no meio de florestas densas, demora mais tempo para encontrar luz necessária a floração. 



FRUTOS: De coloração verde-acastanhados, formato globoso, com 3 a 4 cm de diâmetro, demoram cerca de 1 ano para ficarem maduros



Nota: Depois que os frutos amadurecem, a planta começa a morrer.



TRONCO: Com cerca de até 70 cm de diâmetro, é bastante espesso e recoberto pela base volumosas das folhas caídas.


PALMEIRA-TALIPOT - ( Corypha umbraculifera L.) - Demora alguns anos para formar o tronco

LUMINOSIDADE: Sol pleno.



ÁGUA: Aprecia solo úmido, mas não encharcado.


CLIMA: Tropical úmido, não tolera frio.



PODA: Não necessária, para efeito estético podem ser cortadas folhas secas.



CULTIVO: Planta de crescimento lento, seu tronco começa a se formar depois de alguns anos, prefere solo rico em matéria orgânica que tenha boa drenagem.



FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio da muda, para uma cova de 40 x 40 cm, misturar cerca de 10 colheres de sopa de NPK, fórmula 10-10-10.



UTILIZAÇÃO: De efeito ornamental espetacular, chama atenção devido ao tamanho de suas folhas, sendo indicada para grandes espaços.

PALMEIRA-TALIPOT - ( Corypha umbraculifera L.)
PROPAGAÇÃO: Por sementes, que devem ser semeadas logo que comecem a cair, pois com o passar do tempo, a taxa de germinação diminui.



FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico Plantarum, onde ela pode ser vista em detalhes, endereço no lado direito do Blog. A foto da florada é de autoria de Selmy Yassuda.

3 comentários:

  1. Maravilhosa!!...eu já vi aqui no Rio de Janeiro...próximo ao Aeroporto Santos Dumont. Será que eu vi a única florada ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Iara, Boa Noite!
      Se estava florida, certamente viu, porque ela dá flores apenas uma vez em toda sua vida.
      Um abração!

      Excluir
  2. Moro em São José do Rio Preto e temos uma no quintal que é bastante pequeno. Nos últimos tempos percebo que está levemente torta. Como o espaço é pequeno temos medo que venha a cair em cima de casas. Você teria como esclarecer se existe possibilidade digo, é fácil isto acontecer na categoria dela ? Favor responder para o email t.jcyra@yahoo.com.br.

    ResponderExcluir