Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

5 de fev. de 2019

CEBOLA-ORNAMENTAL-GIGANTE - ( Allium giganteum )


Herbácea Bulbosa

 Allium giganteum
CEBOLA-ORNAMENTAL-GIGANTE - (  Allium giganteum )

NOME CIENTÍFICOAllium giganteum.


NOME POPULAR: cebola-ornamental-gigante.


FAMÍLIA: Amaryllidaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Irã, Turquia, Afeganistão e países vizinhos.

PORTE: A planta chega a 45 cm de altura e as hastes florais a 1,5 metros de altura.

FOLHAS: É formada por um aglomerado de folhas que brotam diretamente do bulbo, quando macerados as folhas exalam um cheiro de alho/cebola.

FLORES: A espetacular inflorescência esférica de 15 cm de diâmetro é formada de inúmeras flores de coloração lilás- arroxeadas, no formato de uma estrela com seis pontas que nascem de uma longa haste que pode atingir mais de 1 metro de altura.

 Allium giganteum
CEBOLA-ORNAMENTAL-GIGANTE - (  Allium giganteum )
CEBOLA-ORNAMENTAL-GIGANTE - (  Allium giganteum )
CEBOLA-ORNAMENTAL-GIGANTE - (  Allium giganteum )

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Após a dormência, manter o solo úmido, mas não encharcado, após as flores murcharem, reduza drasticamente as regas.

CLIMA: Temperado.

PODA: Não necessária.

CULTIVO: O solo deve ser rico em matéria orgânica, solto e com boa drenagem.

Nota: Para darem sustentação as enormes hastes florais o bulbo deve ser plantado a uma profundidade de 15 cm. Em locais com vento forte, estacas deverão ser colocadas, para não ocorra o tombamento.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio do bulbo misture bem na terra retirada da cova, esterco animal (sempre muito bem curtido) ou composto orgânico. Para manutenção, aplique no final do inverno, ao redor da planta, nunca junto a ela cerca de 2 -3 colheres de sopa de NPK 04-14-08, incorpore no substrato e regue em seguida

UTILIZAÇÃO: Fica muito bonito quando cultivado em grupos, com espaçamento adequado entre plantas, fazendo composição com outras espécies de menor porte.

PROPAGAÇÃO: É feita por sementes e pelos bulbilhos que se formam junto ao bulbo mãe.

PRAGAS E DOENÇAS: Não é muito comum ocorrer doenças ou ataque de insetos, mas as folhas poderão ser atacadas por lesmas e o bulbo por larvas de besouros. Muita água poderá ocorrer à podridão do bulbo.

IMAGENS DESTA POSTAGEM: Sil Wittmann.

Nenhum comentário:

Postar um comentário