Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

9 de fev de 2019

PLANTA-ARANHA, CLEOME - ( Cleome hassleriana )


Semi-herbácea.
Imagem: Amazon.com

NOME CIENTÍFICOCleome hassleriana.

Nota: Existe no mercado cultivares com uma grande variedade de cores, incluindo branco, rosa, rosa e lavanda, em destaque as ‘Queen’ e ‘Senorita Series’.

NOME POPULAR: cleome, planta-aranha, mussambê, mussambê-fedorento.

SINONÍMIACleome houtteana, Tarenaya hassleriana.

FAMÍLIA: Cleomaceae

CICLO DE VIDA: Anual.


Nota: Em regiões com clima em que a temperatura não fique abaixo de zero a planta é perene.

ORIGEM: América do Sul: Região Sudeste do Brasil até o Uruguai.

PORTE: De 0,60 - 1,50 metros de altura.

Nota: Em locais com menos luminosidade a planta atinge alturas maiores e chega a tombar.

FOLHAS: Podemos dividi-las em duas partes, as que nascem próximas à base (parte inferior do caule - cerca de 1/3), tem formato lanceolado (lança) com 5-7 folíolos, medindo até 12 cm de comprimento e 4 cm de largura. No restante do caule, nascem aglomeradas em forma de espiral e mudam de tamanho.

Nota: Principalmente quando “machucadas” elas exalam um cheiro característico não muito agradável para nosso olfato, por essa razão recebeu os nomes populares descritos nessa postagem.

FLORES: As grandes inflorescências de coloração roxa, rosa ou brancas, nascem nas extremidades dos caules, é formada por muitas flores, que medem um pouco mais de 2 cm, tem 4 pétalas, seis longos estames e vão se abrindo gradativamente ao longo dos meses.
Nota: Apesar de não ter perfume perceptível, beija-flores e borboletas são atraídos, outro visitante é a curiosa mariposa-beija-flor que chega ao anoitecer.

FRUTOS: É uma vagem longa (cerca de 15 cm) e bem fina (cerca de 3 mm), contendo muitas sementes, desponta logo abaixo das inflorescências, Nos 2/3 superiores, nascem espiraladas

LUMINOSIDADE: Sol Pleno.

ÁGUA: Gosta de solo úmido, regar dia sim dia não, principalmente até a planta se estabelecer, após esse período até é resistente a alguma seca desde que não seja prolongada.

CLIMA: Gosta de clima temperado, podem ser cultivadas em regiões mais quentes, desde que sejam de altitude.

PODA: Quando cultivada em conjunto, os ramos mais altos podem ser podados o que dará um aspecto de um aglomerado mais compacto, a remoção de flores murchas irá estimular novas brotações.

CULTIVO: Aprecia solo rico em matéria orgânica, mantido úmido.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião da preparação do canteiro, misturar bem esterco animal sempre muito bem curtido, ou composto orgânico, para manutenção aplicar NPK 04-14-08, sempre ao redor dos caules, nunca junto a eles.

UTILIZAÇÃO: Fica muito bonito em grupos ao longo de muros e cercas e fazendo composição com outras plantas.

PROPAGAÇÃO: Por sementes.

Nota: As sementes caem e germinam ao redor da planta mãe, levam cerca de 10 dias para que isso aconteça.








Nenhum comentário:

Postar um comentário