Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

3 de jan de 2019

TAMARINDO - ( Tamarindus indica L. )


NOME CIENTÍFICOTamarindus indica L.


NOME POPULAR: tamarindo, tamarino, tamarina, tamarinho, jubaím cedro-mimoso, tamarind.


SINONÍMIA: Tamarindus occidentalis, Tamarindus officinallis, Tamaridus umbrosa.

FAMÍLIA: Fabaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: África Tropical e Índia.

PORTE: Geralmente de 7 a 15 metros, em condições favoráveis pode atingir alturas maiores. Sua copa é larga e densa.

FOLHAS: São composta, pinadas, formadas por 10-18 pares de folíolos opostos.
  
Folhas Pinadas Tamarino
TAMARINDO - ( Tamarindus indica L. )
FLORES: As inflorescências surgem na primavera, são racemos (cachos), pequenos que se formam nas axilas.
  
FRUTOS: Tão tipo vagem, que ficam maduras no verão, medem cerca de 5-9 cm, contendo de 3-7 sementes envoltas em polpa comestível saborosa.

TRONCO: Curto.

LUMINOSIDADE: Sol Pleno.

ÁGUA: Manter o solo sempre úmido, mas não encharcado enquanto a planta for jovem, depois de adulta, suporta solo mais seco, devendo ser regada no caso de estiagens prolongadas.

CLIMA: Aprecia regiões quentes e úmidas, que tenha temperatura média anual em torno de 25ºC.

Nota: Não é tolerante a frio intenso.

PODA: Não há necessidade, apenas  a retirada de galhos secos, doentes e os que estão direcionados para dentro da copa de forma deixar a planta mais arejada..

CULTIVO: Deve ser cultivada em solo rico em matéria orgânica, por ocasião do transplante da muda, faça uma cova, de pelo menos 40 X 40 X 40 cm e com espaçamento entre plantas 10 x 10 metros, misturar na terra retirada, esterco animal, sempre bem curtido ou composto orgânico.

FERTILIZAÇÃO: Aplicar ao redor do caule (nunca junto a ele), na projeção da copa, esterco animal sempre muito bem curtido, a seguir incorpore levemente ao solo.

UTILIZAÇÃO: Bastante cultivada em pomares domésticos, sua polpa pode ser consumida ao natural, em sucos e diversos pratos de nossa culinária.

PROPAGAÇÃO: Principalmente por sementes.

Mudas - ( Tamarindus indica L. )

TAMARINDO - ( Tamarindus indica L. )

PRAGAS
: Principais Insetos:


Mosca-da-madeira
– É uma mosca escura  que coloca seus ovos na casca da árvore, as lagartas perfuram o caule, abrem furos e penetram até o lenho.
Broca-das-sementes – Inseto adulto é um besourinho que deposita os ovos dentro do fruto onde as lagartas destroem as sementes.
Coleobroca – O inseto adulto é um besouro que tem comportamento semelhante ao da mosca-da-madeira.

PREÇO: Varia conforme tamanho da muda, em Holambra/SP no vaso tamanho (PT24) estava sendo comercializado por R$ 17,00.

Venda TAMARINDO - ( Tamarindus indica L. )



IMAGENS: Fiz em Holambra / SP na Garden Cidade das Flores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário