Atenção leitores

Não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.
COMENTÁRIOS - Peço desculpa. Infelizmente não estou conseguindo responder os comentários no tempo devido, na medida do possível vou fazendo
Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

FEEDBACK - Agradeço o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que tenho escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

28 de jan. de 2019

JATROFA-VERMELHA, PEREGRINA - ( Jatropha integerrima )


Arbusto semilenhoso
Imagem: rYson

NOME CIENTÍFICOJatropha integerrima.


NOME POPULAR: peregrina, jatrofa-vermelha.


SINONÍMIAJatropha coccinea, Jatropha pandurifolia, Jatropha hastata

FAMÍLIA: Euphorbiaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: América Central Insular (Antilhas) e países vizinhos.

PORTE: Normalmente de 2-3 metros de altura.

Nota: Encontrando ambiente favorável, pode atingir altura maior.

FOLHAS: Simples, alternadas, com tamanhos e formatos variados.

FLORES: As inflorescências despontam na extremidade dos ramos, são formadas por cachos com muitas flores, unissexuais (dioica),com cinco pétalas, que medem cerca de 2,5 cm de diâmetro, de coloração vermelho intenso e ocorrem durante o ano inteiro, mas principalmente no final da primavera e verão.

FRUTOS: Medem cerca de 1-2 cm de comprimento e as sementes, de coloração amarelada ou marrom, geralmente menos de 1 cm.

TRONCO: Apesar de ser um arbusto com vários troncos finos, pode ser feita podas deixando um tronco único e conduzindo a planta como uma arvoreta.

LUMINOSIDADE: Sol pleno, meia-sombra.

ÁGUA: Gosta de solo sempre úmido, mas nunca encharcado, para que não ocorra o apodrecimento radicular.

CLIMA: Tropical, tolerante ao clima subtropical desde que não ocorra um frio mais intenso, com ocorrência de geadas.

PODA: Para estimular novas brotações e uma florada mais intensa é importante podar no início da primavera, cerca de 1/3 da planta.

Nota: Utilizar instrumento bem afiado e esterilizado e passar fungicida (feito a base de cobre) nos cortes, para evitar entrada de doenças.

CULTIVO: Planta bastante rústica, aprecia solo rico em matéria orgânica, mantido úmido, mas que tenha ótima drenagem.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio, misture bem na terra retirada da cova esterco animal sempre muito bem curtido, depois de 6 meses a manutenção deve ser feita com NPK, fórmula 04-14-08, colocando de 1-5 colheres de sopa sempre ao redor do caule na projeção da copa, incorporar levemente e regar em seguida.

UTILIZAÇÃO: É uma planta bastante ornamental que pode ser cultivada como arbusto ou pequena árvore em jardins, praças, canteiros e vasos grandes.

PROPAGAÇÃO: Por sementes e estaquia.

PLANTA TÓXICA: Todas partes da planta são tóxicas.

Nota: No manuseio usar luvas, pois a seiva leitosa pode causar irritação na pele. Não inalar fumaça da queima da planta.

PRAGAS E DOENÇAS: Insetos como pulgões, mosca-branca e outros costumam atacar a planta, ao notar a presença pulverize inseticida próprio para plantas para não deixar que ocorra uma grande infestação prejudicando a planta.

Um comentário:

  1. Excelente.
    Grato pela descrição mais completa desta planta. Valeu!👍👍👍👏👏👏👏👏

    ResponderExcluir